Problema: defesa do TFC segura ritmo de jogo de Júlio César

Leia o post original por blogdoboleiro

Júlio César tem um problema e não está preocupado. Nos dois primeiros jogos pelo Toronto FC, o goleiro da seleção brasileira trabalhou pouco. Contra o DC United, no Canadá, ele fez apenas quatro defesas, duas mais difíceis. “O time está se defendendo muito bem e trabalhando duro durante a semana. Os caras têm se saído bem aqui na defesa”, disse o jogador ao site oficial do clube.

Na estreia pela Major League Soccer, com o Seattle, o TFC venceu por dois a um e Júlio César só foi incomodado no lance do gol e em um ataque do time americano que foi parado pelo zagueiro Steven Caldwell. No segundo confronto da temporada, o primeiro em casa, o Toronto venceu o DC por 1 a 0. Outra vez, JC foi pouco acionado.

O problema é que um pouco de ação poderia ajudar o goleiro brasileiro a apurar reflexos e ganhar mais ritmo de jogo se sofresse mais pressão. Por enquanto, a única emoção que Júlio César passou foi constatar como a torcida de Toronto o tratou na partida do último final de semana. “Foi fantástico. Já no aquecimento deu para sentir que sou querido pela torcida. Não sabia que gostavam tanto do meu trabalho”, afirmou.

O próximo jogo de Júlio César será no sábado, contra o Real Salt Lake, no estádio Rio Tinto. Como aconteceu em Seatle, ele vai jogar em um campo de grama artificial. “É até bom, porque a bola é mais veloz neste tipo de campo e dá mais trabalho”, avaliou em uma entrevista onde mostra um inglês fluente.