Com toques rápidos, Verdão elimina Bragantino e pega Ituano na semifinal

Leia o post original por Flavio Canuto

Jogando com segurança e consciente do seu status de time grande, o Palmeiras não tomou conhecimento do Bragantino (e da cornetagem de parte da torcida) e venceu o adversário por 2 a 0, no Pacaembu. O Verdão agora pegará neste domingo (30) o Ituano pela semifinal do Paulistão 2014.

Ao contrário do rival São Paulo, em sua patética eliminação contra o Penapolense nesta quarta-feira (26), o time treinado pelo ainda contestado Gilson Kleina desde o início mostrou que estava em campo para se impor. Teve suas falhas, uma logo a 1 minuto de jogo, quando Robertinho teve boa oportunidade.

Aos poucos, o Verdão ganhou força e encarou com segurança o jogo fechado e violento dos comandados de Marcelo Veiga, que não abre mão do seu “veigabol”.

Aliás, o árbitro Flávio Rodrigues Guerra estava completamente perdido, deixou o pau comer e deu um show de incompetência.

O meia Bruno Cesar cobrou falta para fora aos 5 minutos e Alan Kardec quase fez de cabeça, aos 6 minutos. Em grande chute de Bruno Cesar de longa distância, Rafael Defendi rebateu para escanteio.

Logo a seguir, aos 21 minutos, Wesley fez a cobrança do tiro de canto, Alexandre vacilou e Alan Kardec demonstrou o oportunismo habitual, abrindo o marcador. 1×0. Para alegria da torcida palmeirense, que compareceu em ótimo número ao Pacaembu.

A partir dai, o Palmeiras deu uma certa aliviada e proporcionou mais espaço ao adversário, que no entanto só levou perigo em chute do violentíssimo Francesco, aos 38 minutos, que Fernando Prass defendeu com segurança.

Na etapa final, sem nenhuma mudança na escalação, o Verdão foi pra cima no intuito de buscar o segundo tento, que quase saiu aos 9 minutos em blitz e que contou com dois chutes de Valdivia e um de Alan Kardec.

Aos 13 minutos, Marcelo Oliveira deu uma de meia, meteu um lençol no zagueiro e bateu forte da intermediária, o goleiro espalmou e Kardec perdeu o rebote, aos 13 minutos. Mas o gol parecia inevitável, e saiu dali a pouco.

Em jogada iniciada por Valdivia, Leandro chutou, o goleiro espalmou, Alan Kardec dominou e deu passe açucarado para Wesley. O volante não vacilou e finalizou com força, ampliando o marcador e levando a massa alviverde ao delírio. Logo a seguir, quase Leandro faz o seu, aos 19 minutos.

Desse momento em diante, o Palmeiras soube controlar a posse de bola e pouco proporcionou ao adversário de Bragança Paulista. Os lances claros de gol escassearam, mas não as boas jogadas, especialmente as saídas dos pés do meia Valdívia, que, pra variar apanhou muito e agitou muito a partida.

Pegaram tão pesado com o chileno, que ele saiu do estádio com o tornozelo inchado. Se o árbitro fosse mais firme, pelo menos dois atletas do Bragantino seriam expulsos do jogo.

Com a partida praticamente ganha, o Bragantino ainda tentou melar o jogo, expulsar alguém do nosso lado, mas não conseguiu nada. Os palmeirenses trocavam passes na intermediária e a torcida gritava OLÉ!

No fim das contas, o 2 a 0 se mostrou bastante justo, e classificou o Palmeiras para jogar a semifinal do Paulistão 2014 no próximo domingo (30) no mesmo Pacaembu contra a equipe do Ituano, time que tem a melhor defesa do torneio até aqui.

Se atuarmos nas próximas partidas como fizemos ontem, vai ser difícil segurar o porquinho!!!

AVANTI PALESTRA!!!!

Ah, você também pode me seguir no Twitter ou  Facebook!

Abraço a todos!