Abel deu uma lição no Gre-Nal

Leia o post original por Pedro Ernesto

Barcos marcou o gol do Grêmio. Mesmo sendo o goleador do Gauchão, ele devia para a torcida. Na Libertadores, o grande objetivo do clube, em quatro jogos nenhum gol. O gol do Gre-Nal reabilita o Pirata diante dos olhos da torcida.

No Inter, Rafael Moura estraçalhou. Fez os dois gols da virada colorada. Duas execuções de cabeça, de forma certeira e indefensável. Ele é produto da capacidade de Abel Braga, que pediu sua permanência e pediu ao jogador que entrasse no peso. He-Man fez muitos gols, mas faltava a grande prova. O Gre-Nal deixou claro que ele é do ramo. Se a bola vier em condições ele guarda.

A vantagem do Inter sobre o Grêmio na temporada é que tem dois jogadores desta posição. Wellignton Paulista entrou e também deixou sua marca. Muita gente queria sua presença no clássico. O Grêmio só tem Barcos. Os reservas são meninos atrás de uma afirmação que ainda não chegou.

Habilidade

Abel Braga deixou uma lição muita clara neste Gre-Nal. Ele colocou no segundo tempo todos os meias que tem o Inter. Juntos, eles fizeram o Grêmio sair correndo atrás da bola e não acharam. Alan Patrick, Alex, D’Alessandro e Aránguiz traduzem uma grande capacidade técnica.

Abel apostou em Alan Patrick e já disse que ele entre no time. O técnico está nos ensinando que dá para jogar com um só volante desde que os meias tenham capacidade de envolver o adversário. Pelo menos no segundo tempo do clássico foi exatamente assim.

Distância

Terminado o Gre-Nal, os jogadores do Grêmio só tiveram tempo de ir em casa, dar um beijo na mulher e nos filhos, dormirem poucas horas e, às 4h, já estavam acordados para pegar o voo que saia de Porto Alegre em direção à Colômbia, às 6h30min. Não deu para descansar, muito menos para refletir os acontecimentos do Gre-Nal.

Uma longa viagem de dez horas até Medellín, onde amanhã tem a dura parada contra o Nacional. O estádio estará cheio, e o adversário, precisando de vitória sob pena de ficar fora da Libertadores. Os jogadores gremistas que sentiram o ritmo no Gre-Nal deverão ter ainda mais dificuldades para este jogo. Mas é preciso passar por cima de tudo e buscar, pelo menos, um empate.

DEMAIS

Torcedores colorados quebraram dezenas de cadeiras na Arena do Grêmio. Pior do que isto postaram as fotos como se aquelas cadeiras, resultado do seu vandalismo, fossem troféus a serem mostrado e colocaram no Facebook. Pouca coisa pode ser mais irritante para as pessoas de bem do que conviver com isto.

Os torcedores do Brasil de Pelotas fizeram o mesmo e causaram prejuízo de R$ 34 mil ao clube. O Inter terá que pagar ao Grêmio o prejuízo do domingo. E o Grêmio pagará para o Inter o prejuízo que os marginais travestidos de torcedores darão no remodelado Beira-Rio. Esta é a nossa civilização. Que pena.