Jogo do Grêmio não será fácil

Leia o post original por Pedro Ernesto

Não será fácil o jogo desta noite para o Grêmio. Enumero as razões. Primeiro, porque o adversário precisa da vitória. Sem ela, cai fora da Libertadores. As dificuldades do Grêmio estão na maratona de jogos. Na quarta-feira passada, fez um jogo duríssimo contra o Xavante. No domingo, encarou um Gre-Nal, sendo que no segundo tempo correu atrás do Inter. Isso adiciona cansaço.

Os jogadores tomaram banho, deram entrevistas, foram pra casa jantar, tiveram poucas horas de sono e já se foram para o aeroporto. O embarque foi às 6h de segunda-feira, seguido de longa viagem – cerca de dez horas – para Medellín. Ou seja, metade da segunda-feira foi gasta no deslocamento. Houve pouco tempo para recuperação de um time que, segundo seu preparador físico, Fábio Mahseredjian, já havia sentido desgaste no Gre-Nal. Mas tudo tem dois lados. Foi muito ruim para os gremistas perder o clássico e isso deve servir de motivação para desempenhar na Libertadores o que não foi possível no domingo. Como se vê os problemas não são pequenos. Só que os jogadores devem entrar em campo conscientes de que necessitam dar uma reviravolta

Mesmo Time

O Grêmio deve manter o time que perdeu o Gre-Nal nesta noite, contra o Nacional-Col. Não é porque o time não se deu bem em um jogo que deva ser trocado. Além disso, não há jogadores pedindo passagem para entrar no time principal.

A questão dos três volantes deve ser preservada, o jogo é na casa do adversário e um empate é bom resultado. O maior problema para os jogadores gremistas será mesmo de resistência depois da maratona dos últimos dias.

Novo meia

Trata-se de aposta pessoal de Abel Braga em um jogador que, em 2013, teve inúmeras dificuldades, sofreu com lesões e recebeu poucas chances. Esse jogador foi formado no Santos com expectativa de que seria craque. Logo em seguida, foi vendido para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e sumiu.

Alan Patrick voltou com as dificuldades acima relatadas. Mas, neste ano, com o apoio do técnico, está jogando muito. Abel Braga confirma sua titularidade e forma quarteto de armação da maior qualidade. Além de Alan Patrick, há’Alessandro, Aránguiz e Alex.

É demais

O velho estádio parece mesmo interminável. A OAS está louca para derrubá-lo e dar inicio à construção de um grande condomínio como parte da negociação com o Grêmio e a construção da moderna Arena. Só que as partes não se acertam, e o Grêmio continua seus treinos no velho casarão. A Fifa queria fazer do Centro de Treinamentos do Grêmio, nas margens do Guaíba, um dos locais de treinos de seleções. Só que levará um tempo até ficar pronto. Resultado: o velho e imortal Estádio Olímpico volta à cena para receber seleções da Copa e seus treinos.