São Paulo ganha com a volta da democracia e do diálogo no conselho

Leia o post original por daniel perrone

Nação do Maior do Mundo;

Com a vitória nas eleições para o Conselho do clube neste último sábado, a vitória da chapa Avança São Paulo provavelmente confirmou a eleição de Carlos Miguel Aidar como novo presidente do clube. As eleições para presidente, que serão realizadas apenas entre conselheiros, ocorrerá no próximo dia 16.

Tirando o lamentável episódio da lata de cerveja atirada na secretária de Kalil Rocha Abdalla, durante a também lamentável “boca de urna” dos amarelos e vermelhos em frente ao clube (como se o sócio fosse um “coitado indeciso pão e circo”), tudo ocorreu com calma e muita organização. Um número recorde de sócios compareceu para exercer sua função, o que legitimou ainda mais o pleito.

Independente da iminente posse de Carlos Miguel Aidar, o torcedor são-paulino pode comemorar um fato que há muito não era visto nos arredores do Morumbi: A volta da democracia e do diálogo. Juvenal Juvêncio, durante seus oito anos de gestão, construiu um conselho com base em seu estilo de governo: Absolutamente aliado, sem muito espaço para questionamentos. Com a mão fortemente centralizadora, sua gestão teve altos e baixos, mas termina com a volta de um conselho dividido, que fará uma  fiscalização forte em cima de seu sucessor.

Carlos Miguel Aidar é são-paulino com um sobrenome de muitas tradições na história do clube. Tanto ele como Kalil Rocha Abdalla não possuem essa “mão centralizadora”. O propósito de seu retorno ao cargo máximo no clube será de reconduzir o Tricolor a modernidade e as grandes conquistas, e isso inevitavelmente passa por uma gestão profissional em todos os setores do clube. E o papel do Blog do Torcedor, que não declarou apoio a nenhum candidato ou chapa, será de informar, opinar e principalmente cobrar essas transformações.

A vida de Carlos Miguel Aidar e do São Paulo não será fácil nos próximos anos. Essa deverá ser uma gestão de reconstrução interna, tão difícil como o período das “vacas magras” de Paulo Amaral e dos amortecedores do Morumbi, de Fernando Casal de Rey. Além de promover o choque de gestão (que para mim deve passar pela separação do social e futebol profissional), debater com a sólida oposição formada e ainda formar um elenco capaz de conquistar títulos, o novo presidente terá que correr atrás do tempo perdido junto a reforma do Morumbi ainda e combater a tentativa de “espanholizar” o Campeonato Brasileiro, com a presença de dois times recebendo valores muito acima dos demais.

Saudações Tricolores!

Veja aqui a lista dos conselheiros eleitos neste sábado: http://glo.bo/1husMhd 

PS: Tricolor, se você não compactua com as opiniões emitidas no texto ou com a opinião de outros torcedores seja educado no modo de se expressar. Mensagens em desordem com o andamento do blog serão pré-eliminadas. abs!

Me siga no Twitter: http://twitter.com/danielperrone
Curta a Fan Page: http://facebook.com/danielperronespfc
Instagram: http://instagram.com/danielperrone

Opine, palpite, participe do Blog do Maior do Mundo!