Justiça de São Paulo nega cassação e mantém liminar da Portuguesa

Leia o post original por Luiz Nascimento

O juiz Miguel Ferrari Júnior, da 43ª Vara Cível de São Paulo, negou pedido feito pela Confederação Brasileira de Futebol para cassar a liminar obtida pela Portuguesa. Em decisão proferida nesta quarta-feira, ele afirma que os argumentos apresentados pela entidade não são capazes de mudar a compreensão do magistrado. Abaixo, um trecho do despacho:

(…) esclareço que tanto esta demanda quanto aquela proposta pelo Ministério Público são de minha competência. No mais, feitos esses esclarecimentos, entendo que os argumentos ora aduzidos pela Confederação Brasileira de Futebol – CBF – não são capazes de modificar o convencimento firmado e exposto na decisão de páginas 266/271. De mais a mais, deve a parte manejar o recurso adequado para obter a modificação do decidido. Aguarde-se o decurso de prazo para oferecimento de contestação. Intime-se.

São Paulo, 09 de abril de 2014.

Leia a decisão na íntegra por aqui http://bit.ly/R5RGit ou por aqui http://bit.ly/1kvm0zW