Após gasto de meio bi em obras viárias, só feriado salva São Paulo na Copa

Leia o post original por Perrone

Investir mais de meio bilhão de reais em obras viárias na região de Itaquera não basta para São Paulo suportar o trânsito  em dia de jogos de Copa do Mundo na cidade. Essa é a conclusão a que cheguei ao ler no site da Câmara Municipal sobre projeto do prefeito Fernando Haddad que o autoriza a decretar feriado nos dias das seis partidas previstas para a capital paulista.

Em sua justificativa para o projeto, o prefeito diz que “é fundamental garantir a redução expressiva do trânsito, impedindo eventual colapso do sistema viário”. O objetivo é evitar que estejam nas ruas ao mesmo tempo quem está saindo do trabalho e torcedores.

Só que o investimento em obras viárias na região do estádio é de R$ 548,5 milhões. São R$ 397,9 do Governo do Estado e R$ 150,6 milhões do município, segundo o site da prefeitura.

Ora, se todo esse dinheiro está sendo injetado e mesmo assim é preciso decretar feriado, é legítimo desconfiar de que o gasto seja desproporcional ao legado. Como vai ser quando o Corinthians jogar com casa cheia numa quarta à noite, mais cedo do que às 22h, horário de costume?

Para o Governo do Estado, 7,4 milhões de moradores serão beneficiados com as obras