Uma pena, Ganso e Pato poderiam fazer toda a diferença

Leia o post original por Mion

E pensar que há três anos os dois eram nomes certos para esta Copa. Brasil perdeu talento e técnica.

E pensar que há três anos os dois eram nomes certos para esta Copa. Brasil perdeu talento e técnica.

Futebol não é simples e muito menos exato. Falar em hipóteses, suposições, o tal do “Se” então, fora de questão. Entretanto convenhamos, Paulo Henrique Ganso e Alexandre Pato poderiam significar fator diferencial na Copa do Mundo. Os dois rendendo aquilo do que são capazes transformariam a seleção brasileira num time poderoso e mais perto daquilo que sonhamos em termos de qualidade.

A meia-cancha peca por faltar talento e o ataque necessita de alguém que acompanhe pelo menos próximo a genialidade de Neymar. Fred é goleador, mas está longe de ser diferenciado. Pato tem inteligência, técnica, força e velocidade para completar o maior craque do Brasil. Pato e Ganso seriam as cerejas que faltam ao bolo.
Felipão poderia tranquilamente jogar com três volantes como deseja, ninguém reclamaria, porque daria liberdade para Ganso criar e enfiar aquelas bolas maravilhosas. Na frente Neymar e Pato não teriam  posições fixas deixariam a defensiva contrária completamente perdida. Quando necessitasse de mais ofensividade poderia retirar um volante e colocar Hulk ou outro atacante. Também um quadrado na meia-cancha com dois volantes, Oscar pela direita e Ganso na esquerda. Enfim o Brasil estaria recheado de opções e o mais importante com talento e técnica de sobra para encantar e ganhar o hexa. Seria uma conquista digna do futebol brasileiro. O brasileiro poderia dizer orgulhoso: sou Hexa…. de boca cheia