Pitacos – Timão dá adeus ao Pacaembu com vitória e Tricolor busca empate!

Leia o post original por Neto

pitacosMeus ‘Pitacos’ dessa rodada do Brasileirão começam com a derrota do Palmeiras para o Fluminense no Pacaembu. Olha, sinceramente o Verdão tem uma boa equipe, mas se perder sua referência ofensiva (Alan Kardec) ficará muito difícil para o Verdão conseguir uma boa colocação nesse campeonato. Por outro lado tem muita gente criticando o Tricolor do Rio, falando que é ‘Rei do Tapetão’, mas a verdade é que a turma do Fred e do Conca vem liderando a classificação por competência. Ah, bom que se diga, o Rafael Sóbis também está jogando demais!

Na capital do Paraná o Santos não conseguiu sair do zero contra o Coxa. Acho que apesar da boa campanha no Estadual, penso que essa molecada vai sofrer um pouco para engrenar no Brasileirão. Já no domingão, no novo Maracanã, o Botafogo só alcançou o empate em 2 a 2 com o Inter graças ao Emerson Sheik. Quem diria, viu? O cara fez o primeiro e deu a assistência do segundo. Fico pensando se nessa reta final de Timão não estava rolando uma má vontade. Ele é bom de bola. Muita coincidência reaprender a jogar logo no primeiro jogo.

Mesmo 2 a 2 aconteceu em Salvador onde o Vitória vencia o Atlético/PR por dois gols de diferença, mas tropeçou no final. Queria entender o afastamento do zagueiro Manoel. Esse cara é bom de bola mas andou aprontando? É isso? Em Minas acompanhei de perto o duelo entre Cruzeiro e São Paulo e os mineiros apresentaram um futebol muito mais competitivo. Só deu os celestes e a vitória parecia garantida. Mas no final o Antônio Carlos cabeceou para salvar o time de uma derrota que já parecia esperada. Pra mim essas duas equipes vão brigar pelo título.

Outra equipe forte que corre por fora é o Corinthians, que foi o único time paulista da primeira divisão a vencer nessa rodada. Apesar de estar sendo reformulado pelo técnico Mano Menezes (leia-se  recheado de volantes!), esse novo Timão atuou bem e superou o Flamengo com certa tranquilidade. A expulsão do Leonardo Moura ajudou, é claro. Mas ele mereceu. Essa equipe pragmática e marcadora ao excesso de repente pode até render. Já o Mengão acredito que mais uma vez vai brigar lá embaixo. Escutem o que estou dizendo.