Netinhos do Koff pedem passagem

Leia o post original por Pedro Ernesto

Tudo aquilo que os veteranos titulares do Grêmio não conseguiam fazer, os netinhos do presidente Koff conseguiram na tarde de ontem diante do Atlético-MG. O Grêmio foi competente, rápido, avassalador. Teve destaques individuais admiráveis, teve um gol de falta marcado por Alán Ruiz que há muito tempo o torcedor não via, teve gol de centroavante que dificilmente é feito por Barcos, teve velocidade que o time principal muitas vezes não consegue ter. Enfim, o Grêmio dos netinhos do presidente Koff foi muito melhor que o Grêmio dos seus filhos tem sido. Foram os três primeiros pontos do Brasileirão com um time totalmente reserva.

Cabeça

O que deve estar passando pela cabeça do técnico Enderson Moreira desde ontemn à noite? Será que ele vai manter o mesmo time, na quarta-feira, que vinha perdendo repentinamente? Será que ele está imaginando modificações substanciais para ganhar do San Lorenzo e seguir adiante na Libertadores? O técnico do Grêmio deve ter tido muita dificuldades para dormir na noite passada. No time de ontem há jogadores pedindo passagem.

Empate

O primeiro tempo do Inter no Maracanã foi avassalador. Contruiu uma tranquila vitória por 2 a 0, com dois gols marcados por Rafael Moura. Parecia que o jogo estava resolvido e que o Inter manteria os 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro. Mas, no segundo tempo, Abel Braga desmanchou o meio-campo, fazendo substituições que ele próprio reconheceu erradas. O Botafogo cresceu, marcando dois gols e empatando a partida. Um ponto ganho fora de casa sempre é um bom resultado, menos nessas circunstâncias.

Liderança

O Fluminense é o único time com 100% de aproveitamento nessas duas rodadas do Brasileirão. Dá para se entender essa liderança. Conca voltou ao time devolvendo uma qualidade que tinha perdido, Fred está recuperado e jogando tudo o que pode porque quer se preparar para a Copa do Mundo, Rafael Sóbis está vivendo uma grande fase e marcando um gol por partida. No estágio atual do futebol brasileiro, quem tem três jogadores dessa qualidade, se insere no grupo de favoritos para ganhar a competição. O Inter poderia estar também nessa condição, mas vacilou no segundo tempo do jogo contra o Botafogo.