São Paulo ainda quer enfrentar Corinthians no Itaquerão

Leia o post original por blogdoboleiro

O São Paulo vai enviar um especialista em gramados para tentar dar um jeito no campo da Arena Barueri, que anda servindo de sede para partidas de rugby. No último domingo, Figueirense e Bahia jogaram no estádio e o olheiro são-paulino voltou com a má notícia: “O gramado está horrível”, disse o vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro.

No dia 10 de maio, o São Paulo vai enfrentar o Corinthians, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, atuando como mandante.

No mesmo dia, e no sábado anterior, o estádio do Morumbi vai receber dois shows do grupo inglês One Direction e milhares de adolescentes apaixonadas pelo quinteto revelado no programa da televisão britânica, The X-Factor. Aliás, várias barracas já estão montadas na porta do Cícero Pompeu de Toledo.

A opção Barueri só vai ser adotada se o São Paulo não conseguir levar o jogo para a Arena do Corinthians, em Itaquera, sede do jogo de abertura da Copa do Mundo em 12 de junho. O clube já pediu à CBF que altere o mando do jogo.

A entidade alega que, pelo regulamento, nenhum time pode jogar três vezes como mandante. Os corintianos já vão receber o Figueirense e Atlético Paranaense, na quinta e na sexta rodada, respectivamente. “Mas é possível a CBF mudar um destes mandos “, disse Guerreiro.

Falta também ter o aval do Corinthians. Um jogo a mais na Arena, antes mesmo da estreia anunciada contra o Figueirense, agradaria à Fifa, mas os dirigentes corintianos não parecem dispostos a topar a mudança. No sábado, dia 9, já está marcada uma partida inaugural envolvendo ex-atletas e ídolos do clube. “Assim, o primeiro gol, a primeira vitória será mesmo do Corinthians”, afirmou  o ex-presidente Andrés Sanchez.

Com CBF e Corinthians mostrando pouca vontade de levar o clássico do dia 10 para Itaquera, na zona leste de São Paulo, o Tricolor vai optar mesmo pela Arena Barueri e, para isto, já decidiu reformar o gramado.