A saudade de Senna

Leia o post original por celsocardoso

Foto: AFP

Foto: AFP

E lá se vão 20 anos! Parece que foi ontem que eu ligava a TV nas manhãs de domingo pra ver Ayrton Senna vencer. Isso mesmo! A vitória era certa. Surpresa era não vê-lo terminar em primeiro. É grande a saudade de ver o campeão em ação nas pistas. Nem mesmo uma certa antipatia no trato com os jornalistas – sim, como repórter, ainda iniciante, pude acompanha-lo em algumas entrevistas coletivas – abalava a admiração por um dos maiores ídolos do esporte nacional. A vontade de vencer, o amor pelo país! Era uma referência, um vencedor!

Admiração que se tornou maior quando soube que o brasileiro era um benemérito atuante e fazia questão de manter em segredo suas ações assistencialistas. Coisas que só descobrimos após a fatalidade.  Uma curva, uma batida e o fim de um futuro de recordes. Senna tinha tudo pra ser o maior de todos os tempos. Fico imaginando se alguém via rádio lhe dissesse: “Fernando is faster than you” (Fernando – Alonso – está mais rápido que você). Com Senna ninguém teria essa ousadia.  Suposições que o deixam vivo em meio a tantas boas lembranças!  Lembranças que a dor daquele 01 de maio de 1994 jamais vai apagar. Só este dia eu gostaria de esquecer!