Lista coerente

Leia o post original por celsocardoso

Mowa Press

Mowa Press

Acabou o mistério e não houve surpresas, pelo menos não “grandes” surpresas, no anúncio dos 23 jogadores que vão defender o Brasil, anfitrião da próxima Copa do Mundo.

Henrique? Talvez, considerando o que tem jogado Miranda no Atlético de Madrid. Entretanto, não há como não reconhecer que existe coerência na escolha do técnico. Henrique trabalhou com Felipão no Palmeiras que o conhece bem e nunca escondeu sua admiração pelo zagueiro convocado três vezes pelo treinador da seleção.  A ausência de Robinho também pode causar certa estranheza, mas convenhamos: há muito tempo o atacante não joga o que sua fama sugere e na seleção, quando testado por Scolari, foi apenas “razoável”. Não comprometeu, nem encantou.

Situação parecida com a de Lucas Leiva. Como diriam os ingleses, “ele é ok”. Melhor para Fernandinho que chegou em cima da hora por conta do que apresentou na temporada pelo Manchester City. Ele mostrou personalidade, fez gol e se garantiu com toda justiça.

No mais, nada muito que mereça discussão. Maicon e não Rafinha, Maxwell e não Filipe Luis… Victor e não Diego Cavallieri… Exceção aos jogadores preteridos e seus respectivos fãs, ninguém vai perder o sono por conta disso ou comprar briga nas mesas dos bares. Agora é contigo, Felipão! E que seus pupilos assimilem o espírito do Mundial.