Largada Fair Play

Leia o post original por Gaciba

Quatro rodadas, quarenta jogos; já podemos fazer um balanço deste “preocupante” início de Brasileirão.

Você sabia que já foram marcadas 1384 faltas no Brasileirão 2014?

A média de 34,6 faltas por partida pode ser considerada normal?

Fizemos um levantamento para que possamos comparar nosso campeonato com os principais do mundo.

Vejam na tabela abaixo que somos, disparados, o campeonato com maior média de paralizações:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com os cartões, a coisa é um pouco diferente. São 178 amarelos que nos dá uma média de quase quatro cartões e meio por jogo e 11 vermelhos com uma média de quase 3 atletas expulsos por rodada.

Mas, além dos 11 atletas expulsos; na próxima rodada, a quinta da competição; 5 atletas já cumprirão suspensão por acumular três amarelos nas quatro primeiras partidas de suas equipes. Rafael Lima (Chapecoense), Edinho (Grêmio), Aranguiz (Internacional), Valdivia (Palmeiras) e Alvaro Pereira (São Paulo) desfalcarão suas equipes no fim de semana. Isso, sem contar com Paulo Roberto (Figueirense) que obteve um indesejável 100% de amarelos nas três primeiras rodadas e já não jogou contra o Santos nesta rodada.

Pouco? Ainda temos mais 25 jogadores estão “pendurados” com 2 advertências entre as equipes da série “A”.

Quem nos acompanha sabe que contabilizamos a três temporadas faltas, cartões e expulsões numa corrida “fair play” que determina qual é a equipe que joga “mais limpo” na temporada. Ano passado a CBF tornou o prêmio oficial e o capitão do VITÓRIA, o goleiro Wilson, recebeu com orgulho o troféu no programa “Bem Amigos”.

Nestas primeiras rodadas a liderança apertada pertence ao FLUMINENSE.

Vejam o quadro geral (ao término do post, critérios para obtenção da média PP (média de pontos perdidos):

 

Até o momento,  28 árbitros foram sorteados com 2 estreias Braulio da Silva Machado (MS) e Renan Roberto de Souza(PB). Confiram seus números:

 

Critérios para o TROFÉU FAIR PLAY: