Chefe de Fernanda Colombo: “Ela está pagando por ser bonita”

Leia o post original por blogdoboleiro

A assistente de arbitragem Fernanda Colombo deve ganhar uns dias (dois a três jogos) de folga na Série A do Campeonato Brasileiro. A catarinense está sob pressão. Nesta segunda-feira, o Cruzeiro anunciou que vai pedir punição à bandeirinha por ela ter errado no final do clássico contra o Atlético Mineiro ao anotar impedimento de Allison que ia entrando livre na frente do gol adversário, partindo de uma posição legal.

O diretor de futebol cruzeirense Alexandre Mattos disse nesta segunda-feira que vai mandar à CBF um DVD com este e outros lances onde a arbitragem causou estrago no Cruzeiro. No domingo, o dirigente chegou a dizer que Fernanda deveria posar para uma revista masculina e não trabalhar na arbitragem.

O presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Antonio Pereira da Silva, deve utilizar um procedimento comum nas federações: quando um juiz ou bandeirinha está sob pressão, ele é afastado por um tempo.

Neste momento delicado, Fernanda ganhou um defensor em Santa Catarina. O presidente da comissão de arbitragem da Federação Catarinense de Futebol, disse ao Blog do Boleiro que a beleza seria a causa da cobrança: “A Fernanda está pagando por ser bonita. Se fosse feinha, ninguém falava dela deste jeito, nem iria misturar erros que acontecem com o fato dela ser bonita”, disse Luiz Claudio Espindola Gonçalves.

Ele admite que Fernanda Colombo, 23 anos, errou nos jogos do São Paulo e CRB e, quatro dias depois, no clássico mineiro. “Ela deu azar. Sabe aquela semana em que você não deveria sair de casa? Foi o que aconteceu. Ela é muito boa assistente, aspirante à Fifa, mas a beleza dela chama a atenção e, nestes dias, isso a prejudicou”, falou.

Espindola lembrou que, na mesma rodada, outros assistentes erraram em lances que terminaram em gol e não sofreram as mesmas críticas. “O gol do Gabriel, do Santos, contra o Criciúma foi em flagrante impedimento. No sábado, o Lúcio fez um gol do Palmeiras no Goiás também impedido. O barulho foi muito menor”, falou.

A pressão sobre Fernanda começou no meio da semana passada, quando ela trabalhou no jogo entre São Paulo e CRB, no Pacaembu (SP). Ela falhou ao anotar dois impedimentos não existentes de Luis Fabiano. Ela foi criticada pelo técnico Muricy Ramnalho numa noite em que a televisão resolver colocá-la no ar várias vezes, causando agito nas redes sociais por causa da aparência.

A Federação Catarinense tem 21 mulheres no quadro de bandeirinhas. A dentista Nadine Schramm e Maura Inês Back já são árbitros Fifa. Maíra Labes também. Quem acompanha o Campeonato Catarinense sabe que estas auxiliares são bonitas como Fernanda. Aliás, há pelo menos oito moças muito bonitas trabalhando nas laterais dos campos.

Fernanda será chamada para uma reunião com Espindola nesta quarta-feira. “Vamos conversar, ver se há algum problema que esteja atrapalhando”, afirmou.