Críticas a Mano: em três clássicos no ano, Corinthians não aproveita 1 a 0

Leia o post original por Perrone

O empate diante do São Paulo, após o Corinthians abrir o placar neste domingo, reforçou as críticas contra Mano Menezes, dentro e fora do clube. Ele é visto como um técnico que deixa seu time recuar em demasia após estar em vantagem.

Não foi só em Barueri que isso aconteceu. Nos outros dois clássicos estaduais em que o Corinthians balançou a rede primeiro em 2014 permitiu a reação dos adversários.

Foi assim na derrota por 3 a 2 para o São Paulo no Campeonato Paulista. O alvinegro saiu na frente com um gol contra de Antonio Carlos, mas recuou e viu o adversário fazer 2 a 1. Ainda empatou com outro gol contra de Antonio Carlos, mas permitiu o terceiro tento são-paulino.

Diante do Palmeiras, também pelo Estadual, Romarinho fez  1 a 0, mas a equipe de Mano se encolheu e tomou o gol de empate a nove minutos do final, mesmo tempo que faltava para terminar o clássico deste domingo quando Luis Fabiano empatou.

Com esse retrospecto, fica difícil para Mano rebater seus críticos