Edinho no banco não é a melhor solução

Leia o post original por Pedro Ernesto

Os meninos e meninas do departamento de jornalismo da Rádio Gaúcha deram um show de jornalismo na tarde de ontem. Portadores de grandes dotes profissionais e conhecimentos de línguas como inglês, francês e espanhol, saíram às ruas de Porto Alegre para tentar vivenciar o que será da vida dos turistas e torcedores que estarão lotando a cidade dentro de alguns dias na Copa do Mundo.

Algumas coisas ficaram muito claras. Pouca gente sabe mais do que português. Inglês e francês é quase zero. Um problema para os turistas se entenderem com as pessoas. Mas um outro fato chamou muito atenção nesta grande matéria: a boa vontade das pessoas, mesmo sem saber nada do que estava sendo perguntado pelos “turistas”, o que me passe a ideia de que somos um povo legal, de pessoas de boa índole.

Na mímica e na boa vontade, muita coisa foi resolvida. Vamos receber muita gente, de muitas nacionalidades, muita gente vai ganhar com isto. E poderemos mostrar a boa parte do mundo que somos pessoas educadas. Tenho muito esperança que isto aconteça.

Paris

Durante séculos, a capital francesa foi campeoníssima na procura dos turistas que queriam conhecer a Europa. A Cidade Luz Perdeu este posto pouco tempo atrás para Londres. Tudo porque as pessoas recebem melhor tratamento. As autoridades francesas já se deram conta do prejuízo que a cidade está tendo com esta nova realidade. Pois se temos esta amostragem aqui em Porto Alegre, com a fidalguia dos portoalegrenses sendo ressaltada na matéria dos repórteres da Rádio Gaúcha, temos um bom indicio para multiplicarmos, no futuro, o número de nossos visitantes.

Coritiba

Vi o time do Celso Roth perder para o Cruzeiro em Belo Horizonte sem merecer. Poderia ter empatado. Mesmo que esteja mal colocado na tabela de classificação, não dá para dizer que é um time ruim. E joga desesperado porque precisa somar pontos.

O Inter entra em campo com cinco desfalques. A dupla de zagueiros é Ernando e Índio. Este último está vencido e pode comprometer no quesito velocidade ou agilidade. Na frente, sem Rafael Moura, fica tudo com Wellington Paulista. Jogo complicado para o líder do Brasileirão.

Repetição

Enderson Moreira repete o time que ganhou do Fluminense. Edinho deve ficar no banco de reservas. Não sei se esta é a melhor solução. Este meio de campo levou um chocolate do Inter no Gre-Nal de 4 a 1 para o Inter no Gaúchão. Contra o Fluminense, mesmo com a oportuna vitória, o time nem foi tão bem. Marcelo Grohe é que salvou. O Botafogo também está desesperado. É um eletrocardiograma, capaz de fazer goleada ou perder melancolicamente.