Estação na Zona Leste improvisa quartel para proteger Itaquerão na Copa

Leia o post original por Perrone

Para evitar que protestos atrapalhem a abertura da Copa e outros jogos em Itaquera, o Exército manterá um batalhão de prontidão na Zona Leste de São Paulo.

Cento e trinta militares do 28º Batalhão de Infantaria Leve de Campinas ficarão alojados numa área na estação Carrão do Metrô, cedida gratuitamente pelo Governo do Estado e que fica a aproximadamente 10 quilômetros do estádio corintiano.

A Seção de Comunicação Social do Centro de Coordenação de Defesa de Área de São Paulo, ligada ao Comando Militar do Sudeste, confirmou ao blog que o local foi escolhido por sua proximidade com o palco do Mundial na cidade.

“A tropa em questão poderá agir preventivamente nesse eixo de atuação da defesa, com o objetivo de garantir a integridade de instalações e serviços que, se interrompidos, provocariam sério impacto à realização do evento”, diz a resposta enviada ao blog.

No Estado de São Paulo inteiro, 4 mil militares ficarão em regime de “pronta-resposta” durante a Copa. No entanto, eles só agirão “como força de contingência, caso um pico de crise na segurança leve o governador do Estado a solicitar o apoio das Forças Armadas e a Presidência da República autorize seu emprego emergencial”, afirma a seção de comunicação social.