OPINIÃO: Fluminense 5×2 São Paulo

Leia o post original por daniel perrone


Nação do Maior do Mundo;

Que cacetada! O São Paulo volta da “tour do Rio” com três pontos em dois jogos. Em termos de tabela não é o pior dos mundos, mas a impiedosa goleada do Fluminense nesta quarta amplificou coisas que há tempo falamos sobre o elenco desta temporada.

Foi um jogo bem movimentado e (tirando o placar atípico, claro) bom de se ver. Dois times que privilegiam o ataque jogaram e deixaram jogar os noventa minutos. Parecia jogo dos anos cinquenta, sessenta… Melhor para o Fluminense, que aproveitou o melhor momento no jogo para enfiar uma sacola num São Paulo frágil defensivamente e atordoado no segundo tempo. Mérito de um cara que precisa ser melhor observado pelo mercado: Cristóvao Borges, técnico do Flu.

Não dá para falar do jogo sem tocar no nome do comandante do Flu. O primeiro tempo foi melhor para o São Paulo que, seguro, tocou bem a bola, deu combate e saiu rapidamente para o jogo. A vitória parcial (gols do MITO e de Pato contra um de Walter) sugeria um jogo bom para o nosso lado. Mas a equipe recuou muito na segunda etapa, influenciada pela excelente mexida tática do técnico do Flu. Cristóvao aproximou seu time da defesa são-paulina e matou a charada. O São Paulo foi acuado e não conseguiu ter nenhum contra-ataque. Os donos da casa aproveitaram o momento crucial do jogo e construíram os gols que desmantelaram de vez a nossa proposta.

Confesso que foi difícil de assistir os quarenta e cinco minutos finais: Nosso ataque, ponto forte, não foi mais municiado pelos meias e volantes. Nossa defesa, o ponto fraco, esteve exposta ao também ótimo ataque do Fluminense por todo o segundo tempo. A vitória carioca foi merecida, principalmente pela excelente segunda etapa do adversário, contrastada com nossos evidentes problemas defensivos.

Temos que entender que a vitória foi muito mais mérito deles que demérito nosso. Cristóvão mudou o jogo e Muricy ficou vendido após a virada no placar. Perdemos uma boa oportunidade de roubar pontos de um adversário a altura no Maracanã pela nossa fragilidade defensiva. Repito: O Fluminense é um adversário que, como o Botafogo e o Flamengo, joga e deixa jogar. A diferença é que o Flu tem um ataque muito melhor que o Fla e o Bota e vai brigar lá em cima da tabela, assim como (acredito) nós se acertarmos o que tem de falha no time. Fica a lição para os jogos finais e o segundo e decisivo semestre.

Saudações Tricolores!

Nota dos personagens da partida:

Rogério Ceni Hoje não foi dia dele. Falhou em dois tentos mas uma coisa é certa: Não poderia se aposentar sem fazer um gol no novo Maracanã. Nota: 6,5 (a nota mínima dada por mim ao MITO)

Paulo Miranda Limitou-se a defender. Subiu pouco ao ataque. Péssimo segundo tempo. Nota: 4,5

Lucão Segundo tempo desastroso. Nota: 4,0

Antônio Carlos Sofreu o pênalti do primeiro gol. Assim como o time, um segundo tempo para riscar do curriculum. Nota: 4,5

Reinaldo Fraquíssima atuação. Indiretamente responsável por dois gols (se bem que o mérito maior foi do roliço Walter). Não atacou como poderia. Nota: 3,5

Souza Ótimo primeiro tempo, contrastado com o péssimo segundo tempo. Nota: 5,0

Maicon O mesmo que Souza: Bem no primeiro tempo e mal na segunda etapa. Com o agravante de marcar menos. Nota: 4,5

PH Ganso Como toda a equipe, foi engolido na segunda etapa. Nota: 4,5

Pato Parece brincadeira mas foi bem no primeiro tempo (com gol) e sumiu na segunda etapa. Nota: 5,5

Osvaldo O melhor da primeira etapa, mas como todo o time, não repetiu a atuação no segundo tempo. Nota: 6,0

Luis Fabiano Atuação prá lá de discreta. Além disso tomou mais um cartão amarelo desnecessário. Nota: 4,0

Pabón, Boschilia e Hudson Entraram para tentar amenizar o vexame. Sem nota.

Muricy É simples: O time jogou bem na primeira etapa e sumiu na segunda. Para mim o maior “culpado” pelo resultado foi do técnico do Flu, que corrigiu erros da sua equipe e fez o básico no segundo tempo: Jogar em cima da defesa do São Paulo. Apesar do apagão, não acho que Muricy foi o maior culpado por esta derrota, até porque o time que estava em campo foi o mesmo elogiado na vitória diante do Flamengo. Culpo Muricy por não reforçar mais o time ao longo da temporada, sabendo que a defesa (titular ou reserva) é mais fraca que o normal. Estamos privilegiando demais o ataque e esquecendo de que não podemos tomar tantos gols num campeonato de pontos corridos. Nosso técnico é experiente neste tipo de torneio. Precisa garantir uma equipe mais sólida. Nota: 4,5

PS: Tricolor, se você não compactua com as opiniões emitidas no texto ou com a opinião de outros torcedores seja educado no modo de se expressar. Aqui não é área de criança. Mensagens em desordem com o andamento do blog serão moderadas. abs!

Me siga no Twitter: http://twitter.com/danielperrone
Curta a Fan Page: http://facebook.com/danielperronespfc
Instagram: http://instagram.com/danielperrone

Opine, palpite, participe do Blog do Maior do Mundo!