Nem Parreira, nem Dunga; sem oba-oba, sem opressão!!! Felipão recebe os jogadores na Granja Comary com sorrisos e brincadeiras, no ambiente da Seleção que terá muita cobrança, porém, será mais equilibrado do que nos fracassos antagônicos de 2006 e 2010!!!

Leia o post original por Milton Neves

post_felipao

ATENÇÃO: o sistema de comentários do Blog do Milton Neves mudou! Agora, para deixar sua opinião, é preciso fazer um breve cadastro nos parceiros BOL ou UOL, existindo também a possibilidade de comentar com seu perfil do Facebook.

Felipão é diferente de Parreira e Dunga.

Em 2006, a Seleção Brasileira viveu verdadeira bagunça no período de concentração pré-Copa.

Ronaldo, Adriano, Ronaldinho Gaúcho, Robinho… Os jogadores tomaram conta do ambiente e exageraram na descontração.

Resultado: o “oba-oba” nos eliminou diante da mediana França, que só tinha Zidane.

Já em 2010, Dunga criou um clima anti-mídia.

Blindou e isolou os atletas e tornou-se para-raio daquele grupo.

Não deu certo.

A repressão deixou o clima pesado e “pilhou” os jogadores.

Resultado: Felipe Mello perdeu a cabeça e o Brasil a Copa.

Agora, em 2014, Felipão parece equilibrar as coisas.

Ontem, na apresentação oficial dos convocados, ele recebeu todos com sorrisos e brincadeiras.

O “bom gaúcho” é esperto e muito político.

Mas não pense que Scolari não vai segurar os ânimos quando preciso.

E será que essa mistura será benéfica para a Seleção?

Em 2002 tudo deu certo porque Felipão acertou na mão ou o grupo que era muito bom?

OPINE!!!