OPINIÃO: A. Paranaense 2×2 São Paulo

Leia o post original por daniel perrone


Nação do Maior do Mundo;

O São Paulo teve uma grande chance de vencer um adversário que nunca costuma vencer fora de casa, mas jogou a oportunidade no lixo. Com uma partida fraca coletivamente, a equipe sai do Parque do Sabiá com um empate que devido as circunstâncias pode ser um batia lucro na fria tabela da competição, mas ainda não se mostra confiável ao torcedor.

Sem Maicon, Muricy optou por Denílson fixo a frente dos zagueiros, liberando Souza para o jogo. O primeiro tempo foi daqueles que deu medo. O time parecia um catado em campo. Não conseguia trocar três passes sem errar. O Atlético também não empolgava mas fez seu gol após “assistência” de Douglas na área. Com Pato sumido na ponta direita, Ganso tendo que concentrar as jogadas de criação e uma defesa mais furada que queijo suíço, a equipe não conseguiu ditar o ritmo de jogo.

Veio a segunda etapa, Muricy tirou o inoperante Pato e colocou Boschilia para dar mais movimentação ao time. Não foi aquela maravilha, mas a equipe melhorou, mesmo ficando mais exposta aos contra-ataques do adversário. Denílson se machucou e Hudson entrou em seu lugar. O São Paulo partiu para cima e teve dois pênaltis ao seu favor. Um marcado e outro não marcado. O 1×1 sugeriu um melhor momento do Tricolor em campo até que, em mais uma falha defensiva, mais um gol do CAP no fim do jogo. Luis Fabiano ainda teve tempo de salvar a equipe com um gol ao apagar das luzes, mas a nítida sensação de falta de criatividade e aplicação tática ecoou alto em Uberlândia.

Resultado justo, muito mais pelo que as duas equipes não fizeram dentro de campo. O 2×2 ficou bonito na súmula, mas o Tricolor precisará melhorar muito para sonhar em ficar entre as primeiras colocações do Brasileirão. Falta coletivo, falta consciência tática. Falta equilíbrio em campo e regularidade. Campeão com esse time? Ainda duvido. A não ser que a diretoria resolva as carências da equipe. E Muricy ajude na leitura do jogo.

Saudações Tricolores!

Nota dos personagens da partida:

Rogério Ceni Mais um gol para a carreira. MITO. Sem culpa nos gols. Nota: DEZ!

Douglas Falha grotesca no primeiro gol do CAP. Atuação discreta. Nota: 5,0

Lucão Demonstrou insegurança em vários lances. Nota: 4,5

Antônio Carlos Também não inspira confiança no miolo de zaga. Nota: 5,0

Reinaldo Ruim nos dois Ts: Tecnicamente e Taticamente. Nota: 4,0

Denílson Entrou só para marcar. Fez o arroz-feijão básico sem comprometer. Nota: 5,5

Souza Fez o que pôde para ajudar Ganso na criação. Nota: 6,5

PH Ganso O único genuíno criador do meio-campo, não apareceu. Nota: 4,0

Pato Partida horrível pela ponta direita. Saiu no intervalo. Nota: 3,0

Osvaldo Entre erros e acertos, mostrou vontade. Sofreu um pênalti não marcado. Nota: 8,0

Luis Fabiano Outro que entre erros e acertos foi decisivo em campo. Gol e pênalti sofrido. Nota DEZ!

Boschilia Entrou no lugar de Pato e foi bem melhor que ele. Nota: 6,5

Hudson No lugar de Denílson, começou vacilante, depois melhorou e conduziu bem seu jogo. Nota: 6,0

Muricy Já vai fazer seis meses no ano e o São Paulo ainda não tem um esquema que dê confiança ao torcedor. Desta vez colocou Denílson para marcar, liberou Souza para jogar com Ganso e colocou Pato e Osvaldo nas pontas. Não deu certo. No segundo tempo mexeu e o time melhorou. Faz tempo que o SPFC joga só meio tempo de jogo. É preciso regularidade e equilíbrio no time. Não vejo firmeza nesse esquema. Espero que melhore depois da Copa. Nota: 4,5

PS: Tricolor, se você não compactua com as opiniões emitidas no texto ou com a opinião de outros torcedores seja educado no modo de se expressar. Aqui não é área de criança. Mensagens em desordem com o andamento do blog serão moderadas. abs!

Me siga no Twitter: http://twitter.com/danielperrone
Curta a Fan Page: http://facebook.com/danielperronespfc
Instagram: http://instagram.com/danielperrone

Opine, palpite, participe do Blog do Maior do Mundo!