Scolari convida presidente Dilma Rousseff para visita à seleção

Leia o post original por blogdoboleiro

A presidente Dilma Rousseff foi convidada a visitar os jogadores da seleção brasileira, antes mesmo da estreia na Copa do Mundo, no dia 12 de junho, quando o Brasil vai enfrentar a Croácia.

O convite partiu do técnico Luiz Felipe Scolari: “Ela é nosso presidente, ou nossa presidenta como ela gosta de falar, dirige nosso país e nos representa. Gostaria profundamente da vê-la na estreia, mas também aqui com os jogadores antes do começo da Copa”, disse o treinador em entrevista ao vivo no canal Fox Sports.

Felipão está em campanha. Ele quer trazer a torcida brasileira para o lado do selecionado. Sabe que o país anda estranho, entre protestos, mau humor e uma certa vergonha da gostar da Copa do Mundo. Mas lembra da importância    que tem para os jogadores ouvir o barulho que apoia e incentiva. “Cada um pode ter uma ideia politicamente falando. Mas somos um país, a seleção é do país, a presidenta é quem nos dirige”, falou.

O próprio Thiago Silva, capitão da seleção, já fez o apelo: “Gostaria de pedir aos torcedores que cantem o Hino Nacional inteiro desde o primeiro jogo. Aquilo faz muito bem”.

Na Granja Comary, Scolari tem dito a Neymar e companhia que eles não são piores do que outras seleções consideradas favoritas. “O Brasil não é diferente das melhores equipes que todos falam. O que vai fazer a diferença é a vontade em campo e o apoio da torcida. Ela sabe que tem que dar o apoio, mostrar que somos fortes como país antes de começar os jogos” .

Jogar em casa faz efeito se a torcida empurra e embala o time. Por isso, a preocupação de Felipe em –pelo menos dentro dos estádios – pedir o calor da massa. O resto é trabalho de campo.