Marcação alta. E atenta

Leia o post original por Mauro Beting

Segundo treino, Felipão com toda a razão cobra mais participação sem a bola. Mais atenção na saída de jogo rival. Mais pressão alta no campo rival. Mais compactação defensiva.

Mais tudo. Como o Brasil dele muito bem fez em 2013. Como o time precisa se ligar em 2014.

Não é só pegar no tranco como historicamente se cobra. E costuma dar mais certo que errado.

É fazer com que o time seja mais o que é. Um time.

Equipe que não teme lesão pré-Copa.

Oremos.