Brasil repete golaços e jogadas duras dos treinos

Leia o post original por Perrone

Na goleada por 4 a 0 sobre o Panamá, a seleção brasileira mostrou duas marcas exibidas nos treinos: belos lances e jogadas duras.

Como nos treinamentos, golaços saíram dos pés de Hulk, autor de uma pintura no treinamento de domingo, Neymar, que fez golaço até de pênalti nos ensaios, e Willian, um dos destaques na Granja Comary.

Mas, antes de o jogo bonito despontar no Serra Dourada, o Brasil repetiu jogadas ríspidas feitas durante sua primeira semana de preparação para a Copa do Mundo.

Se na primeira roda de bobinho na Granja já teve jogador dando carrinho, Dante usou o mesmo recurso aos 4 minutos do amistoso desta terça. Aos 5 minutos, David Luiz fez sua primeira falta e aos 10 minutos repetiu a dose, levando amarelo. Aos 16 minutos, foi a vez de Daniel Alves, que mais tarde faria um dos gols da seleção, acertar um adversário.

Essa truculência, porém, foi ofuscada pela beleza das jogadas que vieram a seguir. Assim, um amistoso que parecia de pouca utilidade, serviu para reforçar a ideia de que essa combinação de força e habilidade deve ser a marca registrada do time de Felipão no Mundial.