Ainda sobre a permanência de Adílson

Leia o post original por Bruno Maia

O Globoesporte.com parece que leu os comentários da turma aqui e resolveu fazer uma enquete pra saber se a torcida vascaína acha que o treinador Adílson Batista deve continuar a frente do Vasco. Para quem acompanha os comentários que chegam aqui no blog é sintomático ver os resultados. Ao contrário do que aparenta aqui, a torcida está bem dividida. Entre 4 opções de voto, podemos dizer que 54% dos votantes acha que ele deve sair, enquanto 46% pedem a permanência. Mais curioso ainda o fato de que, dentre as 4 opções, a mais votada é aquela que ameniza a responsabilidade dele e diz que não deveria sair por tratar-se de um bom técnico que foi vítima de uma série de desfalques que a equipe passou.

Quem lê os meus posts, sabe que eu vou nessa linha também. Mas mais do que qualquer coisa, penso que dada a situação política do clube, nenhum nome decente assumiria o time agora e isso nos prejudicaria ainda mais. Fora que, como podemos ver ao fim da partida contra o Boa Esporte, o elenco é muito ligado ao cara. Trocar nesse momento é derrubar o que já tá fraco e não levantar ninguém. Ou alguém acha que, com 60 dias para a eleição e tendo 40 dias de recesso no meio disso, os atuais gestores do Vasco estão realmente com vontade de se dedicar a fazer ainda algo de bom para o clube? Ia entrar o primeiro papai-joel que passasse na frente pedindo emprego.

De qualquer forma, não pude acompanhar o jogo de terça e só consegui chegar a uma televisão com tv a cabo na metade final do segundo tempo. O Vasco tinha acabado de fazer o primeiro gol. Vi o Diogo Silva ser gritado como herói por ter estado no meio do caminho de um chute forte em que a bola mais bateu nele do que ele agarrou e vir o Dakson entrar bem no time. Se não fosse pela parada pra Copa, penso que o Adílson deveria tentar achar um jeito de escalá-lo do lado do Douglas pra ver que bicho ia dar. Pelo que li, ouvi de amigos e vi dos “melhores momentos” do jogo, valeu mais por ter nos livrado de passar o recesso da Copa mais perto da Terceira do que da Primeira Divisão. Só. E para desespero de boa parte da torcida, manter o Adílson no cargo até as eleições.

***********
Sobre o “atraso” para a publicação de um post sobre o jogo, vou falar só mais uma vez sobre isso para quem acompanha diariamente o blog. Eu não trabalho para a Globo. Faço o blog por amor ao Vasco e ele segue o tempo que é possível na minha vida. Fico feliz em ver que os textos são aguardados ansiosamente e, em geral, vou publicar na maioria das vezes próximo ao jogo. “Próximo” é um advérbio subjetivo. O que é próximo para mim, pode não ser para quem lê. Mas é o que é. O mesmo vale para a aprovação dos comentários. A vida cobra e a gente tem que conseguir andar no meio dela, certo? Além disso, a área de comentários é para vocês. Eu vou publicar pouco ali. Leio, mas não vou ficar escrevendo mais. Primeiro porque não tenho tempo. Segundo porque não acho justo, já que já tenho muito espaço pra escrever o que penso. Só que o mais importante nesses momentos é o seguinte: existe um monte de blog foda de outros vascaínos, bonzões de ler, sites incríveis e provavelmente até muito melhores que esse aqui. Tem também um monte de matérias sobre os jogos espalhadas por aí. Ninguém fica orfão porque minha vida fica mais cheia ou vazia. Boto a maior pilha para que todo mundo veja a lista de links que tem aqui do lado e, em caso de abstinência, não pense duas vezes e corre pra lá. O Vasco sempre é maior do que qualquer um. E quando quiserem, é só chegar que todo mundo é bem-vindo. Abs!