Vice do São Paulo nega conversa com Kaká: “Não o procuramos”

Leia o post original por blogdoboleiro

O São Paulo não procurou Kaká para falar sobre uma possível transferência. Segundo o vice-presidente de futebol tricolor, Ataíde Gil Guerreiro, o jogador custa muito caro e isso tornaria sua contratação proibitiva. Em entrevista ao Blog do Boleiro, o advogado Guerreiro disse que precisa mesmo reforçar a defesa, ao contrário do que pensa o prsidente Carlos Miguel Aindar.

Veja a entrevista:

Blog do Boleiro – Dr. Ataíde, o senhor está conversando com o Kaká?
Ataíde Gil Guerreiro – Não estou conversando e ninguém do São Paulo está. Não existe nenhuma conversa com o Kaká, como estão falando desde que ele voltou ao Brasil. Como disse o presidente Carlos Miguel Aidar, nãos sabem nem quem é o empresário ou o representante do Kaká.

Os jornais italianos dizem que há interesse do Kaká em morar no Brasil.
Não sei disso. Ele não nos procurou nem o procuramos. Além disso, o que dizem que ele ganha no Milan, o São Paulo não tem condições de pagar.

Então não há interesse em contar com ele?
Seria fantástico para o são-paulino ter o Kaká de volta. Ele é ídolo. Mas não existe esta conversa. Até porque como faríamos com um time com Kaká, Paulo Henrique Ganso, Pato, Alan Kardec e Luis Fabiano? Nós precisamos de reforços na defesa.

Mas o presidente Carlos Miguel Aidar disse ao Blog do Boleiro que o São Paulo está bem servido de zagueiros.
O que ele disse?

Disse que vocês renovaram com o Lucão, esperam pelo retorno do Tolói e ainda vão ver como Breno vai estar quando voltar ao Brasil.
Ele disse isso? Bom, ele é o presidente e decide. De fato, não estou negociando com nenhum zagueiro, mas acho, pessoalmente, que a defesa é um setor que precisa ser reforçado. E não sabemos se o Rafael Tolói vai voltar. A Roma  tem até o de 15 de junho para decidir se quer comprar o atleta em definitivo.

O preço está estipulado?
Está: 5,5 milhões de euros.