Vaia de torcida para Diego Costa é vitória de Felipão

Leia o post original por Perrone

As vaias e ofensas da torcida brasileira a Diego Costa durante a derrota por 5 a 1 da Espanha diante da Holanda podem ser consideradas uma vitória de Luiz Felipe Scolari.

Os brasileiros não perdoaram o jogador, que sem espaço na seleção de Felipão decidiu defender a Espanha por também ter nacionalidade espanhola.

Nesta sexta, os torcedores entoaram em Salvador o grito de “Diego viado” e mostraram como vai ser difícil a vida dele durante o Mundial.

Melhor para Scolari, que no ano passado detonou publicamente Diego e abriu a temporada de caça ao atacante, ainda que não tenha sido essa intenção. “Um jogador brasileiro que se recusa a vestir a camisa da Seleção Brasileira e a disputar uma Copa do Mundo no seu país só pode estar automaticamente desconvocado. Ele está dando as costas para um sonho de milhões, o de representar a nossa seleção numa Copa do Mundo no Brasil”, sentenciou o treinador brasileiro quando Diego pediu para ser desconvocado de dois amistosos.

Felipão corria o risco de ser cobrado por deixar escapar um excelente jogador, mas o ônus ficou com Diego, agora encarado como traidor da nação. A pressão tem potencial para atrapalhar o atacante, que pode enfrentar o Brasil na segunda fase.

Mas o vexame da Espanha diante da Holanda pode até ter outro gostinho doce para Scolari. Afinal, ele foi o primeiro a humilhar os atuais campeões do mundo, isso na final Copa das Confederações. Agora vai ficar no ar se não foi o técnico brasileiro quem ensinou o caminho das pedras para abater a Espanha.