Argentina, uma das grandes favoritas, ainda não convenceu; Messi sabe que a responsabilidade dele é maior

Leia o post original por Vitor Birner

De Vitor Birner

A Argentina ainda não convenceu tanto nos amistosos quanto na estreia da Copa do Mundo.

Era antes do torneio e continua sendo uma das grandes candidatas ao título.

O campeão mundial não necessariamente é sempre a equipe mais capaz da competição.

A seleção, entre as melhores do campeonato, que oscila menos de jogo para jogo e durante os 90 minutos, e que chega ao mata-mata em boa fase, costuma levantar a taça.

Talvez algum selecionado mediano, como a Grécia quando ganhou a Eurocopa em Portugal serve de exemplo, conquiste a Copa do Mundo um dia.

A vitória diante do perigoso time bósnio deixou o time comandados por Sabella com um dos pés na próxima fase.

Os hermanos ainda têm algum tempo para os ajustes.

No programa, ao vivo, após Argentina 2×1 Bósnia, estão as explicações com detalhes do jogo, das tentativas de acerto do selecionado e hermano e sobre a responsabilidade que Messi tem.

Comentários

Vou comentar mais de 30 jogos do Mundial no placar UOL.

No intervalo de cada um e depois deles participo de programas de tv.

Felipe Vita apresentou este e Erich Betting foi o parceiros para a troca de ideias sobre os assuntos do post.