Alemanha 4 x 0 Portugal. Blitz

Leia o post original por Mauro Beting

Salvador não estava tão quente. Mas era a festa de sempre. Como a Alemanha foi a de sempre contra Portugal que finalizou mais, criou quase o mesmo número de chances (7 x 9). Mas não tinha a defesa dos alemães. Não tinha Cristiano de sempre. É sofreu com mais um Muller artilheiro. Camisa 13. Do Bayern. Igual ao grande Gerd de 1970-74.

Thomas já tem 8 gols em Copas. Faltam 7 para igualar Ronaldo. Difícil nesta Copa em que não se deve apenas zicar Klose. É preciso jogar muito contra a Alemanha.

Portugal não merecia Perder de quatro.
Mas a Alemanha mereceu vencer de goleada.

Portugal não jogou mal. Do meio pra frente. Atrás, Pepe não foi legal de novo. Bruno Alves fez sua pior partida. André Almeida entrou mal no lugar do lesionado Coentrão (desgraça pouca é Nigéria x Irã). Os volantes Veloso e Meireles só jogaram um pouco mais que o ausente Moutinho..:

E Cristiano não estava nem 40%. Pouco correu. Nada jogou. Nem falta cobrou bem. A ponto de Neuer montar barreira a dois em falta frontal e nada aconteceu.

Teve ainda lesão de Hugo Almeida. E teve Rui Patrício afundando a meta lusitana contra uma Alemanha letal. Portugal até tentou encurtar espaços, com a zaga alta no 4-2-3-1. Mas o 4-3-3 alemão fluiu melhor. O equilíbrio da equipe venceu o talento perdido de Cristiano.

O primeiro gol foi de pênalti que, da cabine, eu marcaria sem Replay. Gotze foi travado por João Pereira. Mas, a cada repetição, acho ainda menos falta o lance.

O segundo gol nasceu de cruzamento que Hummels ganhou de cabeça do zagueiro Pepe.

Cabeça que Pepe perdeu de vez ao tocar na de Muller, que cavou o vermelho do incorrigível zagueiro. O primeiro empurrão do português era para amarelo. Muller encenou um pouco. Mas Pepe se irritou e se perdeu de vez

O terceiro gol meio que acabou com o jogo.

O quarto fechou o placar de uma partida em que a Alemanha já se poupava. E Portugal administrava as perdas.

Ainda recuperáveis, apesar dos desfalques e das dores da goleada. Ainda é minha favorita para a segunda vaga do grupo.

Como a Alemanha é ainda mais favorita até a semifinal no Mineirão contra o Brasil. Quando, então, depois a gente conversa.