Empate com gosto de vitória para o México

Leia o post original por michellegiannella

Wagner Carmo/Gazeta Press

Wagner Carmo/Gazeta Press

Preparem-se, vai começar a cornetada em cima da seleção! Eu não quero ficar falando mal do time, apenas ressaltar que dependemos muito do talento individual e temos pouca coletividade. Mas vamos lá: eita joguinho complicado e chato! Foi um banho de água fria em cima da torcida brasileira! E aliás, um show da torcida mexicana que empurrou o time em campo.

O Brasil perdeu algumas boas oportunidades, faltou criação e jogadas ensaiadas, não há toque de bola rápido e, além do mais, o time parou no bom goleiro mexicano Ochoa (para mim o melhor da partida). O cara esteve inspirado em campo! Se bem que o nosso goleiro Júlio César foi muito bem quando acionado. Infelizmente ficou claro que dependemos muito do NeymarO Fred, jogou? Na boa, não dá mais, segunda péssima atuação dele. Paulinho jogou muito abaixo da expectativa. Oscar perdeu o brilho da estreia. Ó céus, o que nos espera? 

Ainda bem que não pegamos uma Alemanha logo de cara porque a coisa ficaria muito feia para nós. A seleção está sentindo o peso de jogar em casa, falta diversão e sobra tensão…