Gana 1 x 2 Estados Unidos. Vai rolar a festa

Leia o post original por Mauro Beting

Gana tem melhores jogadores. Mas com menos de 30 segundos já perdia para os EUA. Golaço de Dempsey.

Os EUA marcavam direitinho. Perderam Altidore, mas mantiveram a compactação defensiva.

Gana chegava. E chegou ainda melhor quando empatou. Quando superava o oponente também na base do vigor e da melhor condição física.

Os EUA pareciam que pediam para acabar o jogo. Estavam extenuados.

E desempataram em um escanteio. Esse corner que iguala desiguais. Nocaute técnico no final do bom jogo. Mais um na Copa das Copas – dentro de campo, nas arquibancadas, na festa nas ruas, no astral.

O que não é da Fifa. Não é do COL. Não é da CBF. Não é apenas da seleção. Não é do governo de qualquer esfera. Não é da presidente da República e nem de clube , de governador, de prefeito. Não é do torcedor. Não é só do cidadão brasileiro.

É de todos. Da bola que rola é da festa que floreia