Chile abriu perspectiva boa para o Brasil?

Leia o post original por Neto

Vidal e Aránguiz comemoram segundo gol do Chile contra a Espanha

Vidal e Aránguiz comemoram segundo gol do Chile contra a Espanha

Quando o chaveamento da Copa do Mundo foi divulgada, a maioria das pessoas ficou preocupada com o futuro do Brasil na competição. Afinal estava certo que pegaríamos nas oitavas o primeiro ou o segundo colocado do grupo ‘B’, que reunia potências como Espanha e Holanda. Pois é, eram os finalistas do último mundial! Mas como o futebol é jogado e não falado, a Fúria, atual campeã, surpreendentemente caiu na primeira fase. Primeiro tomou um vareio da turma laranja de Van Persie e Robben. Depois, nesta quarta, acabou derrotada para a Seleção do Chile.

Agora Chile e Holanda se enfrentam apenas para definir quem termina na liderança do grupo. Se acontecer tudo dentro da normalidade com o Brasil, devemos ficar em primeiro no nosso grupo ‘A’ e provavelmente encararemos os chilenos, adversários que já superamos em outras oportunidades, como nas Copas de 62, 98 e 2010. Mas não será nada fácil já que esses caras estão motivados e com jogadores muito técnicos.

Mas esse tipo de perspectiva quem tem que fazer somos nós comunicadores e os torcedores. Na minha visão o Felipão tem que concentrar o grupo brasileiro em classificar, isso sim! Muita gente pensa que já estamos praticamente garantidos na próxima fase. Mas não é assim não. Uma derrota para Camarões pode ser desastrosa.

Isso tudo é achismo, claro! Na teoria encarar o Chile é bem melhor que enfrentar a Espanha. Mas na prática vai saber, né? Ah, isso se o Chile não der uma surra na Holanda. Nesse grupo ‘B’ tem acontecido cada coisa, viu?