Notícia de motim no time de Gana cria saia justa em Maceió

Leia o post original por blogdoboleiro

Tempo quente na seleção de Gana. Nesta quarta-feira, o site oficial da Associação de Futebol de Gana publicou uma nota negando que o grupo de jogadores tenha iniciado uma rebelião contra o técnico Kwesi Appiah. A notícia da saia justa foi dada pela rádio Joy FM, de Acra, capital do país africano. Segundo o informe, uma entrevista coletiva marcada para esta terça-feira teria sido cancelada por conta o ambiente pesado depois da derrota para os EUA por 2 a 1.

Com o título de “Notícias de revolta dos jogadores de Gana é falsa”, a nota da FGF diz: “Desejamos estabelecer enfaticamente que esta notícia é falsa e não tem fatos que a sustentem. Não há revolta de jogadores contra o técnico dos Black Stars, nem houve envolvimento de um ou mais atletas em nenhum motim depois da derrota para os Estados Unidos”.

O repórter Toni Bebli, que cobre a seleção de Gana para a Joy FM, levou uma prensa dos dirigentes da delegação que está em Maceió. Negou que tenha passado qualquer informação como aquela. O capitão do time, Asamoah Gyan cobrou pessoalmente do jornalista que se retratasse na rádio, a mais popular de Accra.

Appiah dirigiu o treinamento da tarde de ontem e os 23 jogadores estavam lá. Hoje, eles trabalham mais uma vez e seguirão para Fortaleza, onde vão enfrentar a Alemanha no próximo sábado. A coletiva de imprensa não foi cancelada, mas sim adiada e teve apenas dirigentes conversando com os repórteres.