Apito amigo “hermano” e Messi salvam a Argentina de vexame contra Irã! E a torcida do Cruzeiro elegeu Di Maria como seu preferido da Copa!

Leia o post original por Milton Neves

placar

unnamed

“Não existe mais bobo no futebol!”

“O futebol é uma caixinha de surpresas !”

“Futebol é muito simples: quem tem a bola ataca; quem não tem, defende”

São frases cunhadas pelo filósofo Mauro Beting  e mostram o porque que a competição no Brasil é a Copa das Copas.

O Irã hoje trouxe bombas de alegria e quase derrotou a favorita Argentina.

Se não fosse o “apito amigo” do árbitro sérvio Milorad Mazic, que não deu uma penalidade máxima absurda de Zabaleta sobre o atacante iraniano Dejagah…

Messi andou em campo por 90 minutos, não mostrava brio, vontade ou alguma característica de sua habilidade desconcertante.

Mas nos descontos regulamentares acertou um petardo de fora da área para a festa total no Mineirão!

Vitória magra, ridícula, pelo placar minímo, mas e “eles” estão chegando à “italiana”.

É bom lembrar que o goleiro Romero fez uma excelente partida, evitando três gols do time do oriente médio.

E para finalizar em votação informal realizada entre os cruzeirenses, Di Maria foi escolhido pela torcida da Raposa para representá-los no Mundial.

E aí torcedor, brasileiro?  Essa Argentina é vergonhosa ou seria bom colocarmos as barbas de molho com o time de Lionel Messi?

Leia mais

Protagonistas da Copa: Romero para ataque iraniano e garante vitória argentina

Rolou no Twitter… as `Cornetadas´de Argentina x Irã

Notas da Copa: Apesar do gol, Messi não foi o melhor em campo na partida entre Argentina e Irã

Capas da Copa: Messi, o salvador da Argentina

Nas Ondas da Copa: Narrador argentino exalta o “maestro” Messi