Temos chance de chegar ao título

Leia o post original por Pedro Ernesto

Costa Rica
O futebol muitas vezes esquece a lógica e nos apresenta momentos surpreendentes. A Costa Rica é o modelo da hora. Foi sorteada no grupo da morte contra três seleções que já foram campeãs mundiais. O grupo é tão complicado que foi denominado como grupo da morte.
Ninguém imaginava o que está acontecendo. Depois de ganhar com folga do Uruguai, conseguiu passar pela Itália em outra vitória surpreendente. Seus jogadores estão fazendo história. No país, a festa, segundo os jornais de lá, é completa. Todos na rua festejando os dois grandes feitos. A modesta seleção da Costa Rica é o maior fenômeno da Copa até aqui.
Autoridade
Mais do que ganhar destes dois campeões mundiais, a seleção da Costa Rica mostrou muito futebol e alguns jogadores de qualidade. Contra o Uruguai, o show ficou por conta do centroavante Campbel, que voou em cima dos zagueiros da Celeste. No jogo de ontem, o grande herói foi Bryan Ruis. Ele marcou o gol da vitória e foi o grande comandante da equipe. E ainda teve um pênalti claro sobre Campbel não marcado pela árbitro. Sobrou futebol nos dois gols.

França
Outra seleção que faz um bom caminho na Copa é a França. Começou ganhando de Honduras em Porto Alegre e ontem fez goleada de 5 a 2 na Suíça. O grande nome do time é Benzema.
O selecionado francês estava em dívida com seu país porque na Copa da África protagonizou um fiasco estupendo. Foi eliminado na primeira fase, em meio a uma crise lamentável entre treinador e jogadores. Este ano parece que vai longe.

Colombianos
O que se viu aqui em Brasília, onde estou esperando a Seleção Brasileira para seu jogo de segunda-feira, foi um dos maiores espetáculos desta Copa. Segundo o Luciano Périco, eram 40 mil torcedores. Era como se fosse no El Campim em Bogotá. E está valendo a pena. São duas vitórias e a certeza de que vai à frente.

Pessimismo
Concordo com a maioria das críticas que são feitas em relação à Seleção Brasileira. Mas não participo da ideia de que não temos chance de chegar ao título. Certamente, o treinador Luiz Felipe saberá ajustar o time e torná-lo mais competente. Temos time para enfrentar qualquer Seleção que esta na Copa. O jogo contra Camarões deve ser tranquilo para elevar a auto-estima de jogadores e torcedores.

Demaissss
Tecnicamente, esta Copa nos enche os olhos. São jogos muito disputados, com grandes jogadas e muitos gols. Uma outra constatação é que para cada jogo ruim temos cinco ou seis jogos de grande qualidade. Fazia tempo que não via um conjunto de partidas tão interessantes.

De menos
A Inglaterra voltou a fracassar. O milionário futebol inglês consegue ter na sua liga grandes clubes porque investe fortunas na contratação de jogadores estrangeiros. Resulta que, quando precisa montar uma seleção, sempre decepciona. Futebol se faz, também, com a formação de jogadores. A riqueza dos ingleses os fez esquecer esta máxima

Click do dia

00a1c879
As vitórias e o futebol apresentado pela Costa Rica estão emocionando os seus torcedores.