Jornais do Chile usam mídia do Brasil para motivar La Roja

Leia o post original por blogdoboleiro

Isenção em Copa do Mundo é um conceito bem flexível. Quando o país está em campo e os torcedores/consumidores estão naquele clima patriótico, a mídia pode orientar o noticiário para atingir os anseios dos leitores, ouvintes e telespectadores. Não é muito diferente no Brasil e muito menos no Chile.

Nesta terça-feira, o periódico La Tercera publicou na página principal de sua edição eletrônica, uma colagem de primeiras páginas dos jornais brasileiros que acordaram os leitores chamando o Chile de freguês ou apenas lembrando que o Brasil nunca perdeu para o selecionado chileno em Mundiais.

O texto do jornalista Nicolas Hermosilla A. escreve o texto e dá combustível para que os atletas comandados por Jorge Sampaoli: “ Mas além das palavras corretas do técnico e dos jogadores do escrete, que qualificam o Chile como um rival complicado, a imprensa brasileira tem sido bastante categoria em festejar o confronto que terão nas oitavas de final”.

O texto ainda reforça que as manchetes brasileiras passam por “Que venha o Chile” e chegam no “Freguês”, que entre os chilenos é “Casero”. O autor destaca o fato de que a seleção chilena ganhou elogios dos brasileiros, mas que fica sempre a imagem do adversário que perde em Mundiais.

Já o El Grafico resolveu dar uma força histórica. Buscou as quatros vitórias do Chile sobre o Brasil em partidas oficiais. A primeira, no Sul Americano de 1956: 4 a 1 em Montevidéu. A segunda, na Copa América de 1987, em Córdoba, Argentina: 4 a 0. Em 1993, a terceira vitória chilena aconteceu em Cuenca, na Copa América: 3 a 2. E a última aconteceu nas eliminatórias para o Mundial de 2002: 3 a 0, em Santiago no dia 15 de agosto de 2000.

O levantamento, mostrado em fotos e vídeos, tem um título sugestivo: “Para sonhar: Os quatro triunfos oficiais de La Roja sobre o Brasil”. E segue o texto: “Em 98 anos, o Chile soma apenas quatro vitórias sobre o Brasil, uma estatística pouco alentadora a princípio, para o jogo de sábado. No entanto, a Roja pretende neste fim de semana aumentar para cinco o número de vitórias e seguir com vida neste Mundial”.

Já o site Emol Deportes mostrou a mensagem da presidente Dilma Rousseff que, nas redes sociais, escreveu uma mensagem à seleção brasileira que diz ter “confiança em outra grande exibição contra o Chile no sábado”.

Assim, um dia depois de ficar definido o confronto entre Brasil e Chile, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, a guerra está declarada, sempre de olho nas vendas e nos acessos, além de ajudar os treinadores a acenderem os ânimos dos atletas.