Rompante animalesco

Leia o post original por celsocardoso

Montagem sobre foto AFP

Montagem sobre foto AFP

Há seis dias, neste mesmo espaço, após a vitória do Uruguai sobre a Inglaterra, estampei com certa satisfação o seguinte título para um post: “Suárez é o cara”.

Pois bem, depois do que aconteceu hoje, no jogo contra a Itália quando o atacante mordeu o zagueiro Chiellini caberia outra manchete: “Suárez é um animal”.

Difícil compreender o que leva um atleta de alto nível a morder um adversário num rompante animalesco. Trata-se de algo futebolisticamente inexplicável. Com essa atitude intempestiva, Suárez prejudica não só a si mesmo como principalmente a seleção uruguaia. Não há dúvidas de  que a Celeste fica mais fraca sem ele, assim como não há dúvidas quanto à punição que ele deve receber da Fifa. O comitê especial da entidade deve anunciar a exclusão de Suárez do mundial após a covarde mordida em Chiellini. É triste, mas merecido. Pior que já é a terceira vez que o jogador uruguaio morde alguém. Já havia acontecido na Holanda quando jogador do Ajax e na Inglaterra vestindo as cores do Liverpool. Além de nova punição, Suárez definitivamente precisa de tratamento.