Um mala e ousado que serve de exemplo

Leia o post original por Neto

Treinador ajudou a garantir a Holanda nas quartas da Copa

Treinador ajudou a garantir a Holanda nas quartas da Copa

O meio do futebol é unânime em dizer que o holandês Louis van Gaal é um chato de galocha. Me recordo dele maltratar alguns jogadores brasileiros na época que ele dirigiu o Barcelona, entre os quais o pentacampeão Rivaldo. Mas quem acompanhou a partida da Holanda contra o México pôde ver um treinador atuante. Ele viu que a vaca estava indo para o brejo e resolveu agir, fazendo algumas alterações táticas interessantes. Colocou a equipe mais a frente.

Depois optou por mexer em alguns jogadores importantes. Sacou inclusive o tal de Van Persie, ídolo máximo da geração playstation. Também, né? E a tiriça gigantesca que estava o camisa 9? Não deu outra, os laranjas reagiram e viraram o placar no finalzinho. E com autoridade. Não dá pra dizer que os dois gols saíram na sorte. Os caras lutaram e fizeram por onde.

Pois então, vejo o van Gaal como um ótimo exemplo para alguns treinadores. Inclusive o nosso. Em determinados momentos do jogo precisamos ousar e não ficar com medo de perder. Acredito que nessas quatro partidas disputadas pela nossa Seleção faltou mexer no time com mais inteligência e coragem. Se isso tivesse acontecido o sufoco contra o Chile poderia ter sido bem menor.