O jogo dos zagueiros!

Leia o post original por michellegiannella

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Mais focado, mais concentrado, mais leve, mais rápido e com mais raça. O time esteve bem melhor do que aquele que vimos contra o Chile e, logo no início, gol do capitão Thiago Silva! Foi demais, redentor, ele merecia depois de toda a carga de críticas negativas que levou quando chorou e não bateu pênalti nas oitavas. Gritei muito! E quer saber, quando a gente não se sente bem , não tem que bater pênalti. E se ele queria orar naquele momento, as preces foram atendidas, poxa!

O Brasil começou muito bem contra a Colômbia, mas continuamos vendo os mesmos problemas de sempre e mais alguns. Os de sempre são Oscar (que não fez uma boa partida novamente) e Fred, melhor colocar um cone no lugar dele. Senti falta de Neymar, que na minha opinião tem que jogar mais enfiado no meio e na frente. O craque não apresentou as mesmas performances excelentes das primeiras partidas.

No segundo tempo, quando a Colômbia pressionava e teve um gol anulado (que susto) apareceu ele, David Luiz, o guerreiro, o futuro capitão, o queridinho do Brasil. O cara fez um daqueles golaços de falta que entram para a história a la Branco e Ronaldinho Gaúcho. Foi o jogo dos zagueiros. Foi memorável.

Aos 32 , pênalti de Júlio César em James Rodrigues e a revelação colombiana converteu com categoria. Começou o drama brasileiro, o sufoco, de novo…

Mas conseguimos passar. Ufa! Dois pontos negativos: a saída de Neymar machucado quando nosso craque tomou uma joelhada criminosa nas costas. E o segundo amarelo de Thiago Silva que está fora do próximo jogo… Felipão fez uma cara de desespero. Dante, a vaga é sua! Que venha a Alemanha! O bicho vai pegar!