Para apoiar Willian, Thiago Silva descarta homenagem a Neymar

Leia o post original por blogdoboleiro

Thiago Silva soube que Neymar estava fora da Copa, quando reclamava do cartão amarelo que recebeu do juiz espanhol Carlos Velasco, num lance em que  o capitão da seleção garante não ter tido intenção. “O Ospina (goleiro) soltou a bola quando0 eu estava passando. Nem queria tocar na bola. Foi uma bobeira. Mas não precisava me dar o amarelo”, disse.

Agora, Thiago está fora da semifinal da Copa do Mundo. Não vai enfrentar a Alemanha e garante que nem sabe quem vai substitui-lo. “O Dante e o Henrique estão bem e vão dar conta do recado. Quem entrar vai entrar tranquilo”, afirmou.

Se não sabe quem será o substituto dele, Thiago revelou logo quem é o favorito a cobrir a ausência de Neymar: “O Willian vai entrar bem e terá nosso apoio. O time vai jogar com muita vontade”, falou ainda na zona mista do estádio Castelão. "A gente lamenta a situação do Neymar que sonhou em disputar esta Copa, se preparou para isso", completou. 

Perguntado se seria um oportunidade do grupo se fechar mais ainda e agora em torno de uma homenagem a Neymar, Thiago foi na contramão. “Não. Nós vamos jogar porque este grupo merece ser campeão mundial. A gente tem batalhado muito, tem enfrentado pressão e esta semana, muita gente falou o que não devia. Por isso, nossa motivação já é muito grande”, afirmou.

Não se trata, no entanto, de frieza de Thiago. O capitão quer levantar o moral de Willian ou mesmo Bernard, candidatos a substituto de Neymar. Ele sabe também que não é hora de chorar a ausência do craque. As imagens liberadas pela CBF mostram Silva abraçando Neymar na porta da ambulância, ainda na pista da Base Aérea do Galeão, antes de subir para Teresópolis. O que Silva pensa é em manter o grupo aceso, mesmo diante da ausência do melhor jogador.

Neste sábado, através do Twitter, vários jogadores fizeram declaração de amor ao companheiro de seleção. Thiago também. Até lembrou que o título é um sonho de Neymar e do time todo. Mas agora é hora de valorizar quem vai entrar no lugar do camisa 10.

No segundo tempo da vitória sobre a Colômbia, Neymar foi atingido com uma joelhada do colombiano Zúñiga na coluna. Sentindo muitas dores, ele deixou o gramado de maca. Continuou chorando e se queixando de fortes dores quando estava no vestiário. O médico da seleção, José Luis Runco, decidiu levar o atleta ao hospital São Marcos, que fica a oito quilômetros do Castelão.

O atacante brasileiro chegou às 19h35. Depois dos primeiros exames de imagem ficou constatada a fratura na terceira vértebra. Com isso, o diagnóstico foi cruel: Neymar está fora da Copa do Mundo. Vai precisar de quatro a seis semanas com um cinturão na região lombar para que a vértebra calcifique.

Em campo, ainda é possível prever que o Brasil pode encarar e vencer a Alemanha na semifinal, mesmo sem o principal atleta. “Ele é importante. Mas o Willian também está bem e pode nos ajudar muito”, disse Thiago Silva. 

Outros jogadores da seleção brasileira mostraram, solidariedade a Neymar. "Trocaria toda a alegria que senti com a vitória por uma situação melhor dele. Fico triste porque ele sonhava muito disputar uma Copa do Mundo. Mas o importante agora é dar apoio a ele e aos familiares dele", falou. O atacante Hulk acusou Zúñiga de maldade no lance. "Ninguém vai de joelho numa jogada em que a bola está na frente do adversário", explicou.