Recado de Neymar, um alento ou uma ameaça?

Leia o post original por blogdoboleiro

 

Trecho final do post de Neymar no Instagram

Tipo do recado que pode ser um alento ou uma ameaça. O post que Neymar publicou nesta terça-feira de manhã em seu perfil no Instagram (veja acima) acendeu a esperança de quem acha que o atacante poderia entrar em campo no domingo, no Maracanã, caso o Brasil consiga superar a Alemanha e disputar a final da Copa do Mundo do Brasil.

O problema é a frase que está no fim do texto, escrito ao lado de uma montagem de fotos com os jogadores do Brasil que estão disputando o Mundial: “também queria pedir para torcermos juntos até o ultimo segundo porque quero muito, mas muito mesmo estar com todos (torcida e meus companheiros) no próximo Domingo dentro de campo……….. no Maracanã. Deus é fiel !!”

É possível acreditar que a intenção de Neymar é dizer que pretende aceitar o convite que o técnico Luiz Felipe Scolari fez para que ele fique no banco de reservas, ajudando a torcer e até orientar o time durante a decisão do título. “Claro que depende de como a dor vai estar. Mas ele poderia até fazer isso agora contra a Alemanha”, disse o treinador.

Mas também é viável acreditar que o jovem jogador mandou mais um recado: quer jogar a final, se o Brasil chegar lá. O assunto já deu o que falar. Nem bem chegou na casa no Guarujá, para onde foi depois de se desligar da concentração do Brasil na Granja Comary,  e o médico José Luiz Runco teve que ir à público para explicar a impossibilidade desta conduta.

A notícia era de que ele teria conversado com um especialista em coluna, pensando em fazer um tratamento à base de infiltrações (injeções com anti-inflamatório e analgésico) que o colocaria em campo com um mínimo de incômodo provocado pela fratura na terceira vértebra lombar.        

“Só se Jesus Cristo descer na Terra e colar a fratura da vértebra”, disse o Dr. Runco ao Blog do Boleiro, já irritado e antes de ir à TV Globo para repetir que era impossível realizar esta vontade de Neymar. De quebra, a CBF fala em processar os médicos que andaram dizendo que o procedimento poderia dar certo.

Já pensou se Neymar aparece na Granja Comary dizendo que está bem e quer jogar a final da Copa do Mundo?

Isso criaria uma senhora saia justa com os médicos da seleção, criaria uma estranheza com os outros jogadores e ainda por cima lembraria um fato ocorrido em 1998, quando Ronaldo teve uma convulsão, assustou todo mundo, acordou, foi ao hospital e apareceu de volta já no vestiário no estádio Saint Denis dizendo que estava bem e queria jogar. O técnico Zagallo, que já tinha escalado Edmundo, voltou atrás e escalou o Fenômeno. O Brasil foi derrotado pela França por 3 a 0, Ronaldo não viu a cor da bola e até hoje diz que estava bem e não sentiu nada.

O time sentiu.

Por isso, recado como o de Neymar nesta terça-feira sempre pode ser lido como alentador ou como um perigo.

Melhor achar que o jovem talento quer mesmo ir ao Maracanã para dar uma força aos amigos.