SOMOS TODOS BOBOS QUE ACREDITAM

Leia o post original por K.O.N.G

Imagem meramente ilustrativa

Fala, cambada!

Não tem como ficar satisfeito com a fala do presidente Kalil na semana passada. Longe de ser algum tipo de brincadeira sem graça, ou estratégia para tirar os holofotes das negociações do Galo, a frase do mandatário alvinegro escancarou para o Brasil e o mundo a atual condição do torcedor atleticano: um bobo. E isso me deixou boladão.

Como assim, presidente? Quer dizer que o torcedor que esperava contratações para reforçar um elenco que provou ser fraco e que não joga bola desde julho de 2013 não passa de bobo? Fala sério. Nesse ensaio sobre a cegueira atleticana, parece que nosso presidente não viu as entrevistas cedidas pelo próprio diretor de futebol do Galo, garantindo dois ou três reforços antes da viagem para a China. Não deve ter ouvido as falas de Levir comentando as possíveis contratações. Talvez num ataque de amnésia, deva ter esquecido que ele mesmo, Kalil, falou sobre possíveis reforços para o segundo semestre. Agora, nos classifica como “bobos”.

Não, presidente. Não somos bobos por acreditarmos nas promessas feitas por vocês. Somo bobos quando aceitamos pagar ingresso nesse preço absurdo imposto por sua gestão. Somos bobos quando damos risada enquanto enfiam pela nossa goela o programa de sócio torcedor mais ridículo do país. Somos bobos quando abaixamos a cabeça enquanto tentam impor um jeito de torcer que não condiz com nossa história e nossa tradição. Ou só você não percebeu que a verdadeira torcida sumiu do independência?

Eu, como representante dos bobos aqui nesse espaço, me sinto um tanto desconfortável com tudo isso, mas sigo acreditando que tudo vai mudar. Tinha esperanças de que o senhor mesmo poderia ser o promotor dessa mudança, mas depois de levar tanta pancada, entrevista após entrevista, essa esperança já foi pro saco. Talvez o próximo presida saiba lidar melhor com isso, tenha mais tato diante das câmeras e microfones.

Estamos próximos de mais uma conquista internacional, que por uma felicidade do destino cairá na mesma semana da conquista da Libertadores, há exatamente um ano. É obvio que estamos felizes e não poderia ser diferente. Acontece que depois de quarta-feira a vida volta ao normal e nossa rotina de empatar com Bahias da vida estará aí. Reforços pra que? Bobagem.

Nós já acreditamos com Mixirica no ataque. Já acreditamos com Edson no Gol, com Gedeon de camisa 10. Vamos continuar acreditando, sempre. Talvez seja essa a maior prova de que somos bobos mesmo.

#GaloSempre