Clubes brasileiros podem fechar as portas por conta de suas dívidas milionárias! Quem dera o único problema do nosso futebol fosse o pensamento ultrapassado dos nossos técnicos!

Leia o post original por Milton Neves

Após o vexame diante da Alemanha, a ordem no futebol brasileiro é que aconteça uma renovação.

Mas, honestamente, quem dera o pensamento ultrapassado dos nossos técnicos fosse o único ou o maior problema do nosso esporte.

Na última sexta-feira, a presidente Dilma Rousseff se reuniu com representantes de 12 clubes da Série A e uma antiga e preocupante dificuldade voltou à tona.

O valor da dívida dos nossos clubes cresce a cada dia, e não é loucura imaginar que em um futuro não muito distante alguns deles tenham que fechar as portas.

O Botafogo, o segundo que mais deve no Brasil, já até ameaçou deixar o Brasileirão por conta de suas receitas estarem bloqueadas.

Os dirigentes, claro, pedem que Dilma Rousseff prorrogue o prazo que as agremiações têm para quitar os seus débitos com a União.

Mas não seria mais fácil que os clubes usassem o dinheiro que recebem de patrocínio e da cota de TV, que é MUITO, com um pouco mais responsabilidade?

Que apostem na base e, assim, deixem de pagar salários altíssimos para medalhões que já deram o que tinham que dar.

Com isso, seria amenizado o problema financeiros dos clubes e também ajudaria na tal renovação do nosso futebol.

Veja abaixo o gráfico publicado pelo Estadão na última sexta-feira, 25, com o ranking dos clubes que mais devem no país:

Grfico

Opine!