Em dia de mídia, Petros diz que Schweinsteiger joga como ele

Leia o post original por blogdoboleiro

O volante Petros, baiano de Juazeiro, viu pela televisão vários jogos da Copa do Mundo disputada no Brasil. Gostou das triangulações e jogadas de aproximação da seleção da Alemanha. E achou que no time alemão havia um jogador que se identificava com o estilo dele de jogar: “Acho que o estilo do Schweinsteiger é como o meu: toque de bola de qualidade e presença em várias partes do campo e sabendo desarmar”.

Titular do Corinthians, Petros teve um dia de mídia nesta segunda-feira. Participou de programas na TV Globo, no Fox Sports e no Bandsports. Aproveitou a vitória sobre o Palmeiras por 2 a 0 e o gol que marcou, o segundo do clássico.

Sobre a briga pela liderança do Campeonato Brasileiro contra o Cruzeiro, Petros lembrou que o torneio ainda está no começo e que, no confronto direto, o Corinthians já mostrou sua força no estádio do Canindé. “Ganhamos deles e eles não conseguiram trocar três passes”, afirmou. Depois, Petros explicou a diferença entre o líder e o vice, que está cinco pontos atrás: “O Cruzeiro vai muito ao ataque. É mais ofensivo”.

Em duas ocasiões, o jogador de 25 anos, lembrou que a mãe dele impediu que o filho se chamasse Petronio II. “Era para ser assim. Ainda bem que ela impediu meu pai, que se chama Petronio, de me registrar deste jeito e decidiu me dar o apelido como nome”, contou.

Além disso, Petros falou sobre o desejo de terminar o curso universitário de administração de empresas. “Parei faltando um ano e meio. Quero terminar sim”, disse. E, mais uma vez, agradeceu à mãe: “Ela foi professora por 20 anos e sempre disse que, se eu quisesse jogar futebol, teria que estudar”.

Enquanto isso, na Alemanha, Schweinsteiger passou a segunda-feira tentando consertar o estrago de um vídeo postado na internet, onde ele aparece cantando uma música dos torcedores do Bayern de Munique, xingando o Corussia Dortmund. A gravação foi feita numa festa dos jogadores da Alemanha depois da conquista do Mundial. O volante do Bayern foi ao Facebbok pedir desculpas aos torcedores do Borussia, adversário da prinmeira rodada da Bundesliga.