Felipão é Grêmio

Leia o post original por Mauro Beting

Enderson fez grande campanha na fase de grupos da chave mais complicada da Libertadores e caiu diante do maior favorito ao título. Perdeu Wendel, a boa fase de gente importante, caiu em algumas contradições, e foi perdendo o cartaz e os pontos fáceis.

Perdeu o cargo dentro da anormal normalidade de nosso futebol. Aquele que tem pouca paciência com novidades e pede inovações a todo instante.

Aquele que desrespeita quem tem história e volta a pedir novidades a toda hora. Mesmo passando dela.

Felipão e Koff têm história
campeoníssima pelo Grêmio. Pretendem reeditá-lá agora, juntos pela primeira vez desde 1996.

Não sei se Koff é o melhor nome para este Grêmio. Não sei se Felipão é a melhor opção para o Tricolor agora.

Mas sei que nenhum outro presidente e nenhum outro treinador foram mais importantes para o clube.

Respeito é bom. E Koff e Scolari foram ótimos.

Não conheci, em 24 anos do lado das tribunas de imprensa, um treinador tão identificado pelos clubes onde trabalhou. No Sul, Scolari é Grêmio desde guri. Em SP, virou Palmeiras. Em BH, Cruzeiro.

Não o vejo em outro clubes nas cidades onde trabalhou. Pode limitar as oportunidades profissionais dele. Mas o ajuda demais quando ele tem de fazer o dever em casa.