STJD denunciou Corinthians ‘pró forma’; Palmeiras deve ser punido

Leia o post original por blogdoboleiro

Paulo Schmitt, procurador geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, disse nesta quinta-feira que o Corinthians só foi incluído na denúncia do artigo 203 (que trata de repressão à desordem), ao lado do Palmeiras, por uma questão formal. “O Corinthians foi denunciado ‘pró forma’. A ideia é que se avalie se o clube mandante cometeu algum tipo de omissão”, disse por telefone ao Blog do Boleiro.

O STJD recebeu a denúncia de Schimitt e vai julgar se o Palmeiras deve ser punido porque os torcedores palmeirenses quebraram cadeiras do setor da Arena Corinthians onde ficaram durante o clássico do último domingo.

O Palmeiras já se comprometeu a gastar cerca de R$ 45 mil para repor os assentos. E vai atrás dos torcedores réus confessos que publicaram fotos do ato de vandalismo nas mídias sociais.

A pena prevista pelo artigo 203 vai de multa em dinheiro até perda de mando de 10 jogos. Mais uma vez, o procurador explicou que a punição deverá ser mesmo pecuniária. E deve cair mesmo no Palmeiras. “Está provado que a desordem foi provocada pelos visitantes”, afirmou.