Após um ano, Palmeiras faz acordo para pagar agentes de Henrique

Leia o post original por Perrone

Um ano depois de a empresa dos agentes do zagueiro Henrique acionar a Justiça para cobrar uma dívida do Palmeiras, o clube fez um acordo com os empresários para quitar o débito.

A NM Esportes, de Naor e Marcos Malaquias, cobrava R$ 1.149.826,46. Na última quarta, o Diário Oficial de São Paulo publicou o acordo, mas não revelou os valores. A empresa receberá parceladamente.

Quando contratou Henrique, em abril de 2012, o Palmeiras se comprometeu a dar uma comissão de R$ 4.860.000 para a empresa Link Assessoria Esportiva e Propaganda. O clube, no entanto, concordou em repassar duas parcelas da comissão para a NM. Uma era de R$ 354.500 e venceu em dezembro de 2012. O segundo pagamento deveria ser em abril de 2013 e seria de R$ 729 mil. Os agentes, no entanto, alegaram que nenhuma das duas foi paga e pediram a execução dos títulos na Justiça.

A postura dos empresários incomodou a diretoria do Palmeiras que se irritou mais ainda no início deste ano. Na ocasião, Henrique, alegando não ter sido atendido pelos dirigentes, enviou uma notificação extrajudicial cobrando débito de cerca de R$ 1 milhão do clube com ele.

A direção palmeirense, então, decidiu negociar o jogador, apesar de ele dizer ter planos de permanecer no Palestra Itália. O beque, então, foi vendido para o Napoli. O alviverde parcelou a dívida com o atleta e honrou o compromisso.