Felipão e as inúmeras possibilidades para o Gre-Nal

Leia o post original por Pedro Ernesto

O que Felipão fará taticamente no Gre-Nal? Esta é uma resposta que só conheceremos minutos antes do jogo. Mas as possibilidades são inúmeras. Pode ser com três zagueiros e três volantes – seria uma grande retranca. Acho que não é para tanto. Três zagueiros e dois volantes seria mais razoável.

Porém, pode ser também dois zagueiros e três volantes. Tudo isto se Felipão quiser um time cauteloso. Mas ele pode ser mais ousado, escalando dois zagueiros, dois volantes, dois meias e dois atacantes. Seria um time mais equilibrado. Falta saber o que pensa o treinador e o que ele fará. Como se vê, são muitas as possibilidades.

Atacantes
Abel Braga prefere um time ofensivo.  Ele joga somente com Rafael Moura como atacante. No entanto, seus meias são goleadores. Todos os quatro. A volta de Aránguiz deve tirar Welington do time. Com esta estrutura, Abel conseguiu duas vitórias no Gauchão com escoroes folgados e desempenhos muito melhores do que o Grêmio.

Acho difícil que ele queira modificar este sistema, mesmo sabendo que com Wilians e Welington o time não tomou gols nos últimos jogos.

Seleções

Divulgação / CBF

Divulgação / CBF

A CBF manda avisar que a preparação da seleção olímpica será a mesma da principal. Isto deveria gerar nos clubes uma grande preocupação. Os jogadores, veteranos e jovens, serão tirados com muita frequência dos clubes sem a interrupção das competições. Se por um lado, jogador convocado recebe grande valorização. Por outro, o time fica desfalcado durante jogos oficiais e, muitas vezes, decisivos.

Demmmaaaiissss
Grêmio e Inter tiveram grande talento para conseguir fazer frente financeira aos times que mais recebem verbas da TV. Tornaram os torcedores associados e garantiram receita superior a R$ 50 milhões por mês. Quando chega o grande jogo, como o Gre-Nal de domingo, torna-se uma loteria conseguir um ingresso. Mas este é o problema bom. Difícil é quando não se tem sócio.

De menos
Chama a atenção o nível técnico do futebol brasileiro. Tivemos uma Copa do Mundo com grandes e emocionantes jogos. O contraste com as partidas do Brasileirão escancararam diferenças. Ainda assim existem bons duelos. Espero que o Gre-Nal deste domingo seja um dos grandes jogos.