Pitacos – GreNal fica vermelho e Robinho perde a 1ª do Timão

Leia o post original por Neto

pitacosUma amostra do equilíbrio (ou mau futebol) desse Brasileirão já apareceu na abertura desta 14ª rodada. Os dois primeiros colocados, Cruzeiro e Fluminense, não saíram do empate contra Criciúma e Coritiba, respectivamente. Curiosamente duas equipes que brigam para fugir da zona de rebaixamento. Esse foi o segundo resultado de igualdade consecutivo dos mineiros. Ou seja, a turma do técnico Marcelo Oliveira tem dado sopa para os adversários, hein?

Quem se deu bem nessa foi o Internacional, que superou o Grêmio no clássico gaúcho e encostou de vez no líder. Agora apenas dois pontos separam os colorados dos cruzeirenses. Aliás um dos gols do Inter foi pelo chileno Aránguiz, que joga muita bola! O lado vermelho do Rio Grande começa a acreditar nesse título. E acho que eles tem razão. Quanto a estreia do Felipão, vou dizer o que? Ele está provando a cada dia que é um ex-treinador. Ponto.

Na Vila o Robinho reestreava no Peixe diante de seu maior freguês até então. E como já era esperado o Corinthians se retrancou demais. Pra falar a verdade chegou até a incomodar a forma defensiva como o time estava postado em campo. Mas no final o zagueiro Gil marcou de cabeça, o Timão venceu e subiu para a terceira posição. Agora quem entrou e foi muito bem foi o lateral Ferrugem. Se destacou tanto defensivamente quanto ofensivamente. Ganhou a posição.

Ainda tivemos dois clubes cariocas em crise em campo. O Flamengo deu uma aliviada com a vitória magra contra o Sport, mas segue no Z-4. E o Botafogo? Pelo amor de Deus! Perdeu mais uma, dessa vez para o Atlético/PR, e se encaminhou para o rebaixamento. É a comprovação de que sem grana as coisas não vão pra frente. A diretoria tem que acordar rápido! Esse negócio de aliviar pagando um salário é conversa fiada. Tem que quitar a dívida, poxa vida! Mais tarde, para azar do time da Estrela Solitária, o ex-lanterna Figueirense venceu a Chapecoense e deixou as últimas colocações.

O São Paulo fez valer o favoritismo e venceu o Vitória como tranquilidade: 3 a 1. E o destaque não foi o Kaká, que jogava a primeira vez no Morumbi desde sua volta, mas sim Alexandre Pato, autor de dois gols. Na verdade espero que ele tenha sequência de boas atuações. Porque desde que retornou ao Brasil é a mesma coisa. Vai bem em um jogo e mal em 10. Assim não dá!

E o Palmeiras? Aí o Palmeiras… os torcedores vem aqui me encher o saco dizendo que sou contra o clube. Nada disso! Só fico indignado com tanta coisa errada. Esse time é ridículo! O que a diretoria está fazendo é uma afronta com o torcedor. Oito derrotas em 14 partidas é piada de mau gosto.