O Palmeiras é campeão mundial, sim! E o título da Taça Rio-1951 vale muito mais do que o torneio de verão conquistado pelo Corinthians em 2000!

Leia o post original por Milton Neves

Mundial palmeiras

Em campo, as coisas podem não estar dando muito certo para o Palmeiras.

No entanto, no ano de seu centenário, o Verdão está prestes a receber belo presente.

Joseph Blatter, presidente da Fifa, disse no último sábado que a conquista da Taça Rio, em 1951, finalmente será considerada pela entidade como título mundial de clubes.

“O Palmeiras, naquela época, foi campeão do mundo de clubes. Vamos dar um certificado para todos os campeões”, decretou o mandatário.

E, cá entre nós, nada mais justo!

Afinal, a Taça Rio foi um VERDADEIRO campeonato mundial entre clubes.

Participaram, além do Verdão, times fortíssimos e motivados como Juventus-ITA, Nacional-URU, Sporting-POR, Nice-FRA, entre outros.

Nada de equipes em pré-temporada, como aconteceu no “Mundial” corintiano, em 2000.

Por essas e outras, é certo dizer:  o título da Taça Rio-1951 vale muito mais do que o torneio de verão conquistado pelo Timão.

Não adianta espernear, corintianos.

E parabéns ao Palmeiras, primeiro campeão do mundo!

No ano de 2001, o Palmeiras realizou uma festa para celebrar o 50º aniversário da conquista, e entregou a Milton Neves a medalha comemorativa, que aparece abaixo. Ela foi entregue a todos os campeões mundiais então vivos e também aos jornalistas Joelmir Beting e Boris Casoy.

E por que da homenagem ao santista Milton Neves em feito do Palmeiras-1951?

Foi gratidão do presidente Musfafá Contursi ao então apresentador do “Gol” e “Super Técnico” da Band. Porque foi ali que começou a luta para se reconhecer o Mundial verde de 1951.

E a diretoria do Verdão fez questão de agradecer a mim, Milton Neves.

E, mais uma vez, obrigado, Sociedade Esportiva Palmeiras!

Medalha

Abaixo, Fábio Crippa, goleiro na conquista palmeirense, ladeado pelo santista Milton Neves (esq) e pelo palmeirense Joelmir Beting

crippa

Opine!